top of page
  • Foto do escritorBR40

A influência do sistema de automação inteligente baseado em IoT para a Indústria 4.0

Nos últimos anos, o setor industrial vem acelerando sua Transformação Digital e adotando as ferramentas da Indústria 4.0. A digitalização dos processos de produção permite implementar fluxos de trabalho de fabricações ágeis e responsivos, que dependem de sistemas flexíveis de Tecnologia da Informação (TI) aliados aos processos que envolvem a Tecnologia de Operação (TO) ou Tecnologia de Automação (TA) convencional. Tomada de decisão inteligente, conhecimento, solução de problemas, autodiagnóstico, autoconfiguração e automação são ativados de forma flexível.


Indústria 4.0

A implementação de sistemas de produção com tecnologias habilitadoras para a Indústria 4.0 depende da implantação de sistemas de automação inteligente no chão de fábrica, agregando um ou vários dispositivos conectados à Intranet ou até à Internet, integrados a outros sistemas de produção em ambientes industriais, como nos segmentos de manufatura, energia, processos, agricultura e automotivo.


Em uma fábrica inteligente, a capacidade de trocar, registrar e analisar Dados sem estar no chão de fábrica é uma das vantagens oferecidas pelo uso de ferramentas conectadas. Dispositivos conectados permitem que os operadores monitorem ou controlem máquinas remotamente, avaliem riscos ou intervenham na produção, cada vez mais customizada e flexível.


Essa transformação do setor industrial, dando suporte a métodos de fabricação, ferramentas ou processos, traz mais flexibilidade e busca por eficiência para as empresas. Oferece mais possibilidades aos operadores que interagem diretamente com a produção, tornando as condições de trabalho mais produtivas.


Indústria 4.0 envolve toda a cadeia


A automação, parte fundamental da Indústria 4.0, envolve todos os setores de uma cadeia. Por exemplo, o abastecimento das linhas de produção utilizando robôs para alimentar as máquinas com peças, continua controlando as máquinas de processamento e alterando seu ritmo conforme os pedidos e termina com a embalagem e logística. A velocidade de produção pode ser balanceada, assim como o abastecimento para produzir lotes específicos. Sistemas automatizados podem permitir a transição da produção em massa para a produção customizada.


webinar 05

Ao aproveitar os Dados provenientes dos dispositivos conectados, as organizações podem monitorar remotamente todos os seus ativos, obtendo análises da cadeia de valor através do acompanhamento de KPIs com base em Dados em tempo real. Os equipamentos conectados terão a capacidade de gerar dados para decisões de diagnóstico e resolução de problemas.


Além disso, no que diz respeito aos sistemas de produção, a Indústria 4.0 permite um melhor controle das linhas de produção, avaliando os riscos de falhas ou quebra, com a manutenção preditiva, ou falta de estoque.


As tendências futuras da indústria serão determinadas pelo ritmo das inovações e aperfeiçoamento das tecnologias. A Indústria 4.0 não se trata apenas de investir em novas tecnologias e ferramentas para melhorar a eficiência das linhas de produção — é aplicar a tecnologia para ter e justificar um retorno sobre investimento.


Por Hélio Sugimura, gerente de Marketing da Mitsubishi Electric

Fonte e imagem: InforChannel



Comentários


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page