• Brasil 4.0

Confiança do empresário industrial começa a dar sinais positivos em junho

Índice de Confiança do Empresário Industrial, medido pela CNI, registrou uma importante melhora na comparação com maio. Pessimismo ainda está presente, mas bem menor do que no mês anterior

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) em junho, divulgado nesta quarta-feira (10), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), começou a se distanciar dos seus piores momentos, registrado em maio deste ano e no auge da crise entre 2015 e 2016. Neste mês, o indicador passou de 34,7 pontos para 41,2 pontos, em uma escala de 0 a 100. Nessa metodologia, os 50 pontos marcam uma linha divisória entre confiança e falta de confiança. Quanto mais abaixo de 50 pontos, maior e mais disseminada é a falta de confiança.


O aumento do índice pode ser explicado pela melhora nas expectativas do empresário para os próximos seis meses, que registrou alta de 8,4 pontos e subiu para 47,8 pontos. A avaliação em relação ao momento atual ainda é muito ruim. O Índice de Condições Atuais cresceu 2,7 pontos e alcançou 27,7 pontos entre maio e junho deste ano.


“O crescimento do ICEI, ainda que positivo, reflete uma reavaliação do pessimismo que tomou conta do empresariado no início da crise, momento de elevada incerteza. No entanto, a confiança continua baixa, refletindo tanto a severidade da crise como a incerteza que ainda persiste e a pouca eficácia das medidas do governo para prover capital de giro às empresas. A dificuldade de acesso a crédito é uma preocupação adicional e um fator que contribui para a falta de confiança.”, diz o gerente-executivo de Economia da CNI, Renato da Fonseca.

Veja os detalhes do ICEI

A íntegra do índice está na página de Estatísticas da CNI.



Por: Adriana Nicacio

Fonte: Agência CNI de Notícias



0 visualização
Assine nossa newsletter!
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Ícone

© 2019 - Brasil 4.0 - www.br40.com.br

Fale conosco - contato@br40.com.br