top of page
  • Foto do escritorBR40

Conheça os cuidados necessários na armazenagem de produtos químicos

Ambiente industrial também deve apresentar os mais rígidos cuidados, principalmente no armazenamento correto de substâncias


A armazenagem é uma das principais etapas nos processos logísticos, sendo necessário que o gestor tome cuidados especiais em relação à segurança dos produtos e com os riscos que eles podem envolver. O descuido com tal fator pode causar prejuízos aos funcionários e terceiros. Com isso, os produtos químicos exigem contenção especial, já que podem provocar graves acidentes, inclusive incêndios. Uma das empresas que contribui para isso é a Rayflex, maior referência nacional na fabricação de portas rápidas no Brasil e América Latina para a indústria.


Devido ao número de substâncias utilizadas e a proximidade com que os colaboradores atuam com elas, o setor exige o uso de tecnologias que promovam maior segurança até mesmo para o ambiente, fazendo o isolamento de locais estratégicos em que são estocados os produtos. “O armazenamento, quando realizado incorretamente, pode acarretar uma série de problemas às empresas, pessoas e ao meio ambiente. Por isso, todo cuidado é pouco e as boas práticas devem ser observadas a fim de evitar possíveis complicações”, afirma Giordania R. Tavares, CEO da Rayflex.


Uma medida de proteção é a instalação de portas rápidas automáticas, por exemplo, já que contemplam as quatro extremidades de fechamento, sendo 100% estanque. Já que os produtos químicos devem ficar armazenados em local seguro, longe da exposição, para evitar sua contaminação e a de outros ambientes. “A escolha das embalagens dessas substâncias químicas exige também um correto armazenamento, uma vez que muitos produtos necessitam ser mantidos em áreas isoladas. Enquanto outros não podem ser empilhados, aquecidos ou ter contato com oxigênio. Assim, é necessário levar este aspecto em conta”, pontua.



Nos ambientes internos, é indicado o uso de portas rápidas flexíveis, que oferecem vedação completa impedindo a entrada de insetos, poeira e agentes contaminantes. No caso dos produtos químicos, é preciso seguir os rigorosos processos de boas práticas. “Todos os produtos considerados perigosos, como explosivos, venenos, solventes, ácidos, inflamáveis, dentre outros, devem ser sinalizados como tal. Para tanto, é necessário adotar o sistema de símbolos convencionais para essa finalidade, isso facilita a rápida identificação”, explica a executiva.


A indústria química necessita estar de acordo com uma infinidade de regras e leis devido à complexidade e o risco que as substâncias podem causar tanto para as pessoas quanto para o meio ambiente. “Vale pontuar que ao se proteger de eventuais acidentes com produtos químicos, evita-se o pagamento de multas e indenizações ambientais, danos ao meio ambiente e aos trabalhadores”, conclui Giordania.


Sobre a Rayflex


Criada em 1988, a Rayflex Industrial é líder do mercado nacional de portas industriais com fabricação nacional. Atua em todos os estados do Brasil e na América Latina nas indústrias alimentícias, farmacêuticas, automobilísticas, metalúrgicas, no agronegócio, além de galpões e centros logísticos de distribuição. É especializada em porta rápidas, portas, abrigos e niveladoras para docas, desenvolvidos especialmente para isolamento e segurança dos mais variados ambientes industriais.


Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa - Markable Comunicação



Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page