• Brasil 4.0

Reorganização do modelo de negócio com base na economia circular será chave para agro sustentável

Exemplo bem sucedido em logística reversa e referência mundial, atuação do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias é destaque na primeira live do “Caminhos do Agro SP”


Um dos quesitos que integra o conceito de Economia Circular é a logística reversa, que tem como principal missão reduzir os resíduos com difícil capacidade de absorção pela natureza. Este foi o tema central do primeiro episódio do projeto “Caminhos do Agro SP”, exibido no dia 17 de agosto, uma realização da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo em conjunto com a TV Cultura e a iniciativa privada. O episódio apresentou um dos exemplos mais bem sucedidos de Economia Circular: a atuação do inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), gestor do Sistema Campo Limpo, cujo dia nacional é comemorado em 18 de agosto.


Com o Sistema Campo Limpo, que faz a logística reversa de embalagens e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas, o inpEV alcançou o maior índice de recebimento de embalagens do mundo, atingindo a marca de 94%. Ele abrange todas as regiões do Brasil e tem como base o conceito de responsabilidade compartilhada.


Segundo o Diretor-presidente do inpEV, João Cesar Rando, além de trazer a sustentabilidade ao meio ambiente, o Sistema gera renda e empregos, agregando valor ao material pós-consumo. “Temos movimentado, anualmente, com tudo aquilo que diz respeito ao custo, investimento e o que é gerado pela reciclagem dentro de todo o programa, cerca de R$ 450 milhões. E, evidentemente, quando nós fazemos isso, estamos evitando de consumir recursos naturais não renováveis que são tão importantes para o futuro”, aponta Rando.


A discussão foi moderada pelo Secretário de Estado Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Gustavo Junqueira e contou também com a participação do Secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo, Marcos Penido.


Para Junqueira, o Sistema Campo Limpo é um caso concreto de Economia Circular, pois o resíduo é gerido dentro da própria cadeia produtiva. Isso gera valor econômico e desenvolvimento sustentável. “Reorganizar o modelo de negócio com base na Economia Circular será chave para consolidarmos o Brasil como potência agro sustentável”, reforça o Secretário de Agricultura. “A sustentabilidade também surge como um novo parâmetro tecnológico e que vai, sem dúvida alguma, através da Economia Circular dar o direcionamento de como a sociedade se transformará, ou seja, como serão criados novos negócios baseados na Economia Circular”, salienta.


Para ele, a eficiência dos resultados virá sempre de uma boa gestão. “Sustentabilidade é resultado de gestão financeira, de pessoas, dos ativos ambientais e de vários outros componentes da atividade produtiva”.


O Secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo, Marcos Penido, enfatizou que a Economia Circular, além dos benefícios para o meio ambiente e da revisão da matriz de produção, vem para reforçar no País algo que precisa ser fortalecido: o não descarte regular de lixo, a necessidade da reciclagem e o aproveitamento dos resíduos.


“Quando descartamos de maneira equivocada um material reciclável, estamos desperdiçando dinheiro e oportunidade de contribuir com o meio ambiente. Além disso, há um fator agravante, pois pagamos por esse desperdício, que vira volume no caminhão de lixo e no aterro sanitário. É um contrassenso”, ressalta Penido.



Através de uma webserie de 10 episódios e 8 lives, o “Caminhos do Agro SP” representa a importância do agro para o estado e para o Brasil e o seu potencial, num curto e médio prazo, de geração de empregos e renda, aumento da competividade e atração de investimentos.


O episódio 1 completo pode ser assistido em:

https://youtu.be/OQBe1SG1G9k


“Caminhos do Agro SP”


O projeto “Caminhos do Agro SP” é resultado de uma parceria entre InvestSP, Fundag, TV Cultura e Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Os episódios podem ser acompanhados nos canais do YouTube da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo: https://www.youtube.com/agriculturasp e da TV Cultura: https://www.youtube.com/cultura


AGENDA CAMINHOS DO AGRO SP


17 de agosto: Episódio 1 – Economia Circular

26 de agosto: Episódio 2 - Gestão

02 de setembro: Live 1 – Cana-de-açúcar

09 de setembro: Episódio 3 - Pesquisa e inovação

16 de setembro: Live 2 - Café

23 de setembro: Episódio 4 - Regularização Ambiental

30 de setembro: Live 3 – Carne Bovina

07 de outubro: Episódio 5 - Produção Sustentável

14 de outubro: Live 4 - Leite

21 de outubro: Episódio 6 – Agro Seguro

28 de outubro: Live 5 - Citricultura

04 de novembro: Episódio 7 - Comercialização

11 de novembro: Live 6 - Papel e Celulose

18 de novembro: Episódio 8 - Consumo

25 de novembro: Live 7 - Olericultura

02 de dezembro: Episódio 9 - Exportação

09 de dezembro: Live 8 - Soja

16 de dezembro: Episódio 10 - Conectividade


Por: Paloma Minke

Fonte e créditos de imagem: Assessoria de Comunicação - Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

32 visualizações
banner-siemens-plm-160x600-pt.jpg
Assine nossa newsletter!
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Ícone

© 2019 - Brasil 4.0 - www.br40.com.br

Fale conosco - contato@br40.com.br