• Brasil 4.0

6 dicas para o seu negócio entrar na era digital

Migrar para o e-commerce é uma tendência, mas exige alguns cuidados fundamentais

Foto: Shutterstock - IT Forum 365

Uma pesquisa recente realizada pela SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo), em parceria com a AGP Pesquisas, mostrou que 75% dos jovens entre 16 e 22 anos realizam compras online. No ano passado, o faturamento das empresas de e-commerce cresceu 12%, chegando a R$ 53,2 bilhões, segundo a Ebit/Nielsen . As perspectivas para a área são as melhores possíveis. Pensando na oportunidade de mercado, a Wirecard, uma das plataformas de comércio digital que mais crescem no mundo, traz algumas dicas para ajudar seu negócio a acompanhar o desenvolvimento do mercado.


Estude o mercado

Tanto no mercado físico como no digital, é importante entender o que a concorrência oferece e o que pode ser seu diferencial. Acesse os sites de quem vende produtos semelhantes ao seu para entender alguns aspectos como: quais são as opções de entrega, como funciona a política de trocas, como é feito o pagamento das compras e que tipo de facilidade eles oferecem aos clientes. Vale também pesquisar como é feita a comunicação com clientes. Isso permite identificar o que você pode oferecer e como outros e-commerces atuam.


Escolha uma ferramenta de e-commerce adequada

Para começar a sua loja virtual é essencial que você tenha a sua própria página/site onde seus produtos são vendidos. Existem diversas plataformas especializadas em ajudar usuários a montarem lojas online, mas é importante escolher a solução com sabedoria, já que ela influencia diretamente nos resultados.


Para selecionar entre as diferentes opções de ferramentas disponíveis é necessário pensar na sua situação atual, quais as suas metas e objetivos para o futuro, quais as possibilidades oferecidas em cada plataforma (análise de dados, controle de fluxo e outros), além de garantir que o seu cliente terá facilidade para realizar compras.


Tenha um plano de negócios

Assim como no mercado físico, o e-commerce exige planejamento. Nesse plano, é necessário fazer um diagnóstico da saúde do seu negócio, entender pontos fortes e fracos, levar em conta o perfil do consumidor, que fornecedores contratar e até mesmo modos de realizar o marketing, controlar as finanças e contratar funcionários e serviços.


Atenção à logística

Para garantir uma boa experiência do cliente, é importante ter uma logística de venda que leve em conta o controle de estoque, cálculo de frete , planejamento de vendas e até o empacotamento do produto . Dessa maneira, além de garantir agilidade na entrega, você previne situações desagradáveis para o consumidor.


Dependendo do seu produto, não se esqueça também de montar uma política de trocas eficiente e que não cause dores de cabeça para o seu cliente. Um projeto de logística bem feito fideliza clientes e impulsiona a imagem da sua empresa.


Crie termos e condições de venda, termos de uso e termos de privacidade

Os termos e condições de vendas te ajudam a estabelecer e especificar informações sobre pedidos, entregas e devoluções de produtos, assegurando confiança na relação com o cliente, enquanto os termos de uso permitem organizar a gestão de dados dos usuários e a política de privacidade explica quais os dados coletados e como podem ser utilizados.


Vale lembrar que, para a criação dos termos, é necessário se informar sobre as leis em vigor que garantem os seus direitos e os direitos dos seus clientes, assim, suas políticas de relacionamento serão fiéis ao mercado.


Escolha um sistema de pagamentos eficiente

Quando você cria uma loja virtual, a escolha do sistema de pagamento é fundamental para o sucesso do seu empreendimento. Diferente das compras presenciais, nas quais o cliente insere o cartão na máquina, digita a senha e a compra é efetuada, no mundo digital o processo é mais longo e demanda informações sensíveis. Por isso, segurança é essencial. A efetuação do pagamento depende da coleta das informações bancárias do usuário, o que, para o vendedor, significa estar sujeito a fraudes e chargebacks .


Nesse caso, o segredo é integrar uma solução de pagamento que cuide de toda a gestão financeira do site. Com isso, é possível diminuir os custos, além de garantir a gestão de risco para o seu negócio e mais segurança, o que pode compensar muito mais do que pagar por diversos serviços ao mesmo tempo.


*Sobre a Wirecard: a Wirecard (GER:WDI) é uma das plataformas digitais na área de comércio financeiro que mais crescem no mundo. Oferecemos a empresas e consumidores um ecossistema com valor integrado em constante expansão, construído em todo de pagamentos digitais inovadores por meio de uma abordagem B2B2C integrada. Esse ecossistema concentra-se nas áreas de pagamento e risco, serviços bancários de varejo e transações, fidelidade e cupons, análise de dados e aprimoramento da taxa de conversão em todos os canais de vendas (online, celular e ePOS).


Fonte: Redação IT Forum 365

3 visualizações
banner-siemens-plm-160x600-pt.jpg
Assine nossa newsletter!
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Ícone

© 2019 - Brasil 4.0 - www.br40.com.br

Fale conosco - contato@br40.com.br