top of page
  • Foto do escritorBR40

6 tendências de Big Data que você precisa conhecer

A Semantix reuniu as principais ferramentas em dados para que as empresas se mantenham competitivas


Imagem Wix

São Paulo, fevereiro de 2023 - A transformação digital mudou os negócios para sempre. Os dados se tornaram extremamente valiosos, pois permitem compreender e tomar decisões mais eficientes. Para que isso aconteça na prática, é importante manter-se atualizado com as tendências de Big Data, o que permite uma melhor utilização dos dados gerados por uma empresa. Por isso, a Semantix, brasileira pioneira em deep tech na Nasdaq e especialista em dados, reuniu as 6 principais tendências em Big Data para os negócios.


Graças ao uso de diversos recursos tecnológicos, tais como Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning, as organizações geram um grande volume de dados por segundo. Isto contribuiu para a busca de novos métodos para converter estes dados em informações capazes de alavancar seu Business Intelligence (BI), um processo que envolve coleta, organização, análise e monitoramento de dados.


Embora a análise de dados tenha se tornado indispensável nos últimos tempos, o desafio para as empresas é saber como integrá-la em seu ambiente de trabalho, a fim de facilitar o intercâmbio entre os departamentos interessados e gerar insights valiosos ao analisá-la.


Muitas vezes, as decisões corporativas devem ser rápidas para gerar valor no momento certo. Quanto mais rápido o acesso a dados relevantes para tomar uma decisão, mais valor é gerado. Para isso, são necessárias ferramentas e estratégias que tragam agilidade na análise de grandes volumes de dados, detalhadas abaixo:



A necessidade de dados confiáveis para uma cultura baseada em dados


Explorar novas maneiras de obter dados confiáveis, como a Small Data, para que as empresas possam seguir a cultura data-driven, na qual elas tomam decisões estratégicas baseadas em Data Science.


O data-driven é uma das tendências de Data Science e, para segui-lo, é preciso identificar os pontos sensíveis de seu negócio. A partir daí, é necessário reduzir os silos organizacionais e de dados. Ou seja, sistemas e unidades de dados que não se comunicam entre si para permitir que as informações cheguem rapidamente aos gerentes.


Crescimento dos líderes de confiança digital


Quanto maior o acesso a dados de qualidade, maior é a probabilidade de que as empresas cresçam como líderes de confiança digital. Isto porque elas começam a usar dados que retratam a realidade de seu mercado e podem desenvolver melhores estratégias para impulsionar resultados.


Modelos de operações necessárias


A tecnologia e os eventos sociais, como pandemias, mudam o contexto dos negócios. Portanto, são necessárias mudanças nos modelos de operação comercial, especialmente no que diz respeito ao uso de dados.


As próprias empresas estão mudando suas prioridades e, consequentemente, o foco de suas operações. Estas incluem a busca de maior eficiência, captação e retenção de clientes e a mistura de experiência física e digital. Tudo isso envolve o uso de dados altamente confiáveis, o que facilita a compreensão das oportunidades.



Representação de serviços e experiências digitais


Em meio a tanta concorrência, as empresas que se destacam são aquelas que conseguem oferecer inovação ao cliente final. Para fazer isso, é essencial mudar a cultura da empresa e colocar a análise de dados no centro.


A criação de serviços cada vez mais inovadores envolve alguns desafios que precisam ser superados pelas organizações, como:

  • Mudança e otimização de processos;

  • Desenvolvimento de novos modelos de negócios;

  • Implementação de novas tecnologias;

  • Entrada em novos mercados;

  • Desenvolver um senso de urgência;

  • Estabelecer parcerias para expansão de negócios;

  • Atrair talentos qualificados;

  • Gerenciar as expectativas dos investidores.


Importância da análise


Embora os dados sejam cada vez mais importantes para seus resultados, ainda há empresas que não sabem como utilizá-los da melhor maneira e, muitas vezes, nem mesmo entendem como obtê-los com precisão. Estas corporações não usam a análise e nem acessam funções incorporadas em ferramentas padrão, o que limita a qualidade e a exploração dos dados.


As empresas precisam perceber a importância da análise na construção de suas vantagens competitivas, o que significa permitir que as equipes possam colher os benefícios da análise de dados.


Prioridades dos profissionais de TI


A segurança permanece no topo da lista das prioridades dos profissionais de TI para os próximos anos. Afinal, esta é crucial para manter suas operações, já que roubo ou comprometimento de dados, por exemplo, podem tornar impossível o funcionamento de uma empresa.


Melhoria no gerenciamento híbrido de TI (envolvendo infraestrutura de hardware e computação em nuvem) é outra prioridade que permite a mobilidade do usuário sem comprometer a segurança da informação.


O envolvimento do cliente continua sendo um ponto de atenção que deve se concentrar em encontrar maneiras de melhorar o conjunto de sistemas, ferramentas e processos utilizados na coleta de dados para melhorar o relacionamento com o público-alvo.


Agora, você pode aprimorar seus processos operacionais para uma análise de dados mais eficiente. Não esqueça que é essencial ter um ambiente de dados integrado que facilite o acesso, a distribuição e o processamento de informações.


Sobre a Semantix

Fundada em 2010, a Semantix, líder em big data e IA na América Latina, democratiza a entrada das empresas no mundo data-driven, se tornando parceira para companhias em qualquer nível de maturidade de dados e facilitando a geração de valor através deles. All about data, possui robustez comprovada por meio do equivalente a crescentes 60 bilhões de reais processados em sistemas proprietários, nos quais estão inseridas bases integradas frictionless e plug and play. Brasileira pioneira em deep tech na Nasdaq, atua por meio de escritórios em São Paulo, Miami, Cidade do México e Bogotá, ultrapassando a marca de 700 empresas atendidas em todo o mundo nos segmentos de varejo, financeiro, saúde, telecomunicações e indústria 4.0.


Fonte: Assessoria de Imprensa - RPMA

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page