• Brasil 4.0

Aplicativo ajuda a reduzir custos no cultivo de peixes

Indústria desenvolveu plataforma inovadora com apoio do Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação


A utilização das tecnologias da informação no meio rural, como internet das coisas (IoT), inteligência artificial, softwares e hardwares, tem se tornado um fator decisivo para o sucesso dos negócios. A inovação tem beneficiado pequenos e grandes produtores rurais, melhorando os resultados no processo de gestão e desenvolvimento produtivo.


Conectada a essas novas tendências, a empresa AgroTATIL, em parceria com o Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação de Londrina, desenvolveu o TATILFish, um sistema automatizado para o controle e monitoramento da qualidade e temperatura da água para o cultivo de peixes. “Percebemos a necessidade de desenvolver uma nova tecnologia depois de participar de um evento relacionado a startups do agronegócio. Desde então, iniciamos o projeto e contamos com o apoio do Senai no Paraná para transformar o protótipo eletrônico em uma placa que pode ser produzida e comercializada em escala industrial”, conta Luiz Henrique Volso, cofundador e diretor comercial da AgroTATIL.


A plataforma já passou pelos processos de teste e fabricação e, agora, está em fase de comercialização. “A inovação é um dos principais pilares na transformação da indústria nacional. Portanto, a inserção dessas novas tecnologias na indústria é fundamental para que os ganhos em competitividade aconteçam”, enfatiza Silvana Kumura, coordenadora de Serviços Tecnológicos e Inovação, do Senai Londrina.


Luiz Henrique destaca ainda a importância das novas tecnologias para aumento da eficiência produtiva na piscicultura. “A adoção de novas tecnologias se tornou essencial para a sobrevivência das empresas no mercado”, diz. Em 2019, a o cultivo de peixes cresceu 4,9% e chegou a 758 mil toneladas no país, de acordo com dados do Anuário Peixe BR de Piscicultura 2020.


O empresário explica que a automação dos processos de alimentação e a incorporação de oxigênio na água, reduz os custos de produção, evitando desperdícios. “O produtor consegue acompanhar tudo o que acontece na sua área de cultivo diretamente pelo celular, sem haver necessidade de estar na propriedade”


Conheça a plataforma TATILFish


Ao instalar uma estação de monitoramento no viveiro de peixes e um controle de automação na rede elétrica do local, o usuário acompanha todos os processos do cultivo pelo celular, no aplicativo do TATILFish. O sistema coleta informações como a concentração e saturação de oxigênio, temperatura da água e ph, além da quantidade correta de ração a ser oferecida – calculada com base na temperatura da água.


Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação

Localizado em Londrina, o IST da Informação e Comunicação faz parte de uma rede de sete institutos de tecnologia do Senai no Paraná, além de outros dois institutos de inovação, um HUB de Inteligência Artificial Senai e um Centro de Mobilidade Sustentável e Inteligente. Por meio desse ecossistema de inovação, o Senai no Paraná apoia a modernização e o desenvolvimento do setor industrial, oferecendo soluções para promover a aplicação da tecnologia de acordo com as demandas de cada empresa.


Saiba mais em senaipr.org.br/tecnologiaeinovacao/nossarede.


Fonte e créditos de imagem: Agência Sistema FIEP

0 visualização
Assine nossa newsletter!
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Ícone

© 2019 - Brasil 4.0 - www.br40.com.br

Fale conosco - contato@br40.com.br