• Brasil 4.0

BASF realiza parceria com startups para oferta de crédito aos agricultores

A BASF fechou parceria com as agfintechs Agrolend e DuAgro para a oferta de crédito voltada principalmente para pequenos e médios agricultores. As operações envolvem a emissão de CPRFs (Cédula de Produto Rural Financeira) eletrônicas. Os agricultores ganham uma opção para o financiamento da safra com mais conveniência, menos burocracia e 100% digital.


A BASF é a primeira grande empresa do mercado agrícola a intermediar esta operação que beneficia agricultores de cultivos como soja, milho, entre outros. Este é mais um modelo de negócio que a BASF em parceria com os distribuidores leva aos agricultores, como já ocorre com o barter e outras operações financeiras.


“A agricultura é intensiva em capital. O objetivo da BASF é facilitar o acesso aos recursos necessários para a implantação e o manejo da lavoura. Como empresa de Soluções para Agricultura comprometida com o legado do setor, ouvimos as necessidades dos agricultores e investimos em tecnologia e parcerias para uma produção cada vez mais rentável e sustentável”, explica João Bento Reis Junior, gerente de Operações Estruturadas & Commodities da Divisão de Soluções para Agricultura da BASF. Ele acredita que as agfintechs devem ganhar espaço no mercado agrícola nos próximos anos.


A BASF entende que o principal beneficiado é o agricultor que consegue obter recursos para investir na compra de insumos junto aos seus distribuidores.


As agfintechs Agrolend e DuAgro são empresas de serviços financeiros especializadas em crédito para o agronegócio. Elas contribuem para o aumento da oferta de crédito que vai direto para o agricultor.


Para Fernanda Mello, CEO da DuAgro, quando os agricultores acessam a linhas alternativas de crédito eles também contribuem para o desenvolvimento desta operação.


“A parceria com empresas como a BASF permite levar novas soluções financeiras para o financiamento da safra. Assim, criamos uma relação com um histórico em que o mercado passa a conhecer mais este agricultor e isto facilita cada vez mais a tomada de crédito”, afirma Fernanda.


Todo o processo para liberação do crédito pode ser feito pelo telefone celular de acordo com André Glezer, CEO e cofundador da Agrolend.


“A oferta de crédito contribui para o país alcançar o máximo do potencial produtivo das lavouras, possibilitando o investimento no uso de tecnologias no campo para o sucesso da produção. Nesta parceria, todos saem ganhando: agricultor, distribuidor, indústria e instituições financeiras”, explica André.


A BASF acredita neste programa de financiamento que gera oportunidades para os agricultores. Com esta iniciativa, é possível encaixar a oferta de crédito no momento mais adequado do planejamento da safra e o que for mais interessante para o agricultor. A empresa está comprometida com a experiência do cliente e a inovação em todas as esferas do agro, inclusive dos modelos de negócio. O objetivo é continuar e expandir a conexão com as agfintechs durante 2022.


Fonte e imagens: Startupi

3 visualizações0 comentário
Simulação Engenharia 160x600.png