• Brasil 4.0

CNI lança estudo sobre promoção digital para internacionalização de MPMEs

Documento analisa como a transformação digital abre portas do comércio exterior para empresas de forma mais competitiva. Rede CIN também oferece três cartilhas novas sobre o assunto


Os negócios 4.0 são uma nova forma de organizar os modelos empresariais, as cadeias e as redes de valor, por meio da transformação digital. Não se trata apenas de usar uma ou outra tecnologia digital para “estar na internet”. É redefinir a organização, estrutura, forma de atuação e oferta dos bens e serviços de uma empresa.


Para explicar e incentivar empresas a buscarem se digitalizar para atender os mercados brasileiro e internacional, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) produziram o estudo Negócios Internacionais 4.0: promoção digital para internacionalização, que será lançado nesta quinta-feira (9), durante live no Youtube da CNI, às 11h.


Um dos pontos abordados no estudo são os impactos da transformação digital para as empresas. Os mais expressivos são: as formas pelas quais os insumos são adquiridos – passando pelo monitoramento e o controle da produção, das operações, da gestão de pessoas, dos recursos e do conhecimento nas práticas inovadoras – chegando aos meios para distribuir produtos e serviços, e de se relacionar com os mais diferentes clientes.


De acordo com as instituições “esse novo contexto (Indústria 4.0) exige das empresas brasileiras a capacidade de elaborar estratégias competitivas mais efetivas, para que possam atuar e conduzir negócios fora do Brasil”.


"Os Negócios 4.0 transformam o mundo em um campo de oportunidades, facilitando e acelerando a jornada empresarial internacional. Nesse mundo 4.0, as empresas podem pensar em atuar no exterior de forma remota e em tempo real. Esse estudo apresenta essas novas tecnologias e quais competências as empresas devem desenvolver para ingressar no comércio exterior com a ajuda delas. É mais um serviço da Rede CIN para incentivar a internacionalização e, com isso, colocar mais Brasil no mundo", explica a gerente de Serviços de Internacionalização da CNI, Sarah Saldanha.


O evento virtual contará com a presença da gerente; dos professores da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) Rodrigo Cintra, Flavio Azevedo, Silvio de Vasconcellos e Diego Coelho; e do diretor da Expor Manequins, Marcos Andrade.


A iniciativa faz parte do convênio Indústria Global, da Rede de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), que oferta diversos serviços que vão desde a etapa de preparação no processo de internacionalização até a participação em ações de promoção de negócios, com o objetivo de inserir micros e pequenas empresas no comércio exterior.


Rede CIN também oferece cartilhas sobre digitalização para exportar


Além do estudo, a CNI também oferecerá uma série de cartilhas para capacitar empresários sobre o comércio exterior. As três primeiras, lançadas nesta quinta-feira (9), são: Era Digital – Como promover seu produto no exterior; Marketplace para exportação; Estratégia digital para venda no exterior.


Tópicos como “o que deve ser considerado para promover digitalmente um produto”, “quais redes sociais são utilizadas para promover vendas no exterior”, “como posicionar uma marca no exterior” e “quais são os principais marketplaces nos Estados Unidos, na Ásia e na Europa” são abordados nessas cartilhas.


O material estará disponível de forma gratuita no site do convênio Indústria Global. Acesse e confira.


Por: Giovanna Chmurzynski

Fonte, imagens e vídeos: Agência de Notícias da Indústria



2 visualizações0 comentário
Creating-a-Sustainable-Future-wp-banners160x600.jpg