top of page
  • Foto do escritorBR40

Como fazer a integração do e-commerce e torná-lo mais rentável

O comércio eletrônico no Brasil vem crescendo a cada ano. Uma pesquisa

divulgada pela Retail X revela que o país teve o maior crescimento entre os

demais da América Latina, com crescimento em vendas de US$ 8,1 bilhões em

2022 em relação ao ano anterior ano e a estimativa é aumentar até 2025,

126% para atingir US$ 52 bilhões. Portanto, se sua empresa ainda não possui

uma estratégia de otimização do e-commerce, é hora de pensar neste assunto

para não perder vantagem competitiva.


Uma das maneiras de otimizar o e-commerce é integrá-lo com os demais

sistemas do seu negócio, melhorando sua agilidade e eficiência, além de

fornecer uma melhor experiência aos clientes, melhorar o gerenciamento do

seu estoque, ter um fluxo de informações mais fluido e centralizados e com

isso, a análise de dados é mais eficaz e a tomada de decisão por parte dos

gestores é mais rápida.


Além disso, a maioria das plataformas de integração são em nuvem, o que

permite maior segurança no tráfego de informações e transações para o

comércio eletrônico.


É muito importante que antes de realizar o processo de integração de sistemas,

você procure uma consultoria especializada que vai te ajudar a avaliar quais

sistemas da empresa precisam ser integrados ao seu e-commerce: sistema de

gerenciamento de estoque, pedidos, faturamento, logística, CRM e

atendimento são alguns exemplos de integração e que podem ajudar a garantir

que as informações do seu e-commerce estejam sempre atualizadas e

precisas, além de reduzir o tempo e os custos envolvidos na atualização

manual dessas informações.



Uma equipe de desenvolvedores também vai avaliar a viabilidade de

integração e indicar as melhores opções para cada tipo de negócio.


A integração de sistemas ao seu e-commerce pode ajudar a melhorar a

eficiência da sua empresa, oferecer um melhor atendimento ao cliente, reduzir

erros e retrabalho e aumentar as vendas. Se você ainda não integrou seus

sistemas internos ao seu e-commerce, é hora de considerar essa estratégia e

avaliar as ferramentas e processos necessários para implementá-la com

sucesso.


Por: Nilton Pereira

Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa Nexperti

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page