top of page

Como liderar grandes projetos de transformação na indústria

Toda mudança é desafiadora. Seja na vida pessoal, seja na profissional. Isso porque, além de ser um desafio constante de aprendizado, esse processo também requer muito equilíbrio e paciência para compreender as etapas e lidar com as transformações.


Carlos Boechat - Diretor Associado de Industry X na Accenture, Especialista e Mentor em Transformação Digital
Carlos Boechat - Diretor Associado de Industry X na Accenture, Especialista e Mentor em Transformação Digital

Quando se está à frente ou no comando das mudanças, o desafio é ainda maior e mais intenso.

Especialmente porque a liderança requer um esforço em saber comandar uma equipe, lidar com os desafios que surgem e ainda compreender todo o processo de movimento provocado pela mudança. Só que, ao mesmo tempo, todo desafio é uma grande oportunidade. E como em cada oportunidade, é a chance de ascender na carreira e se destacar como referência no mercado.


Com o cenário mundial em constante evolução, as indústrias que não se adequam às transformações passam a ter menos destaque e ganham cada vez mais visibilidade. Como resultado direto há uma falta de competitividade, queda de investidores e processos ultrapassados. A figura da liderança vem nesse momento para demonstrar que os processos inovadores podem fazer (e farão) toda a diferença.


Metalurgia 2023 - Feira e Congresso

Quem são os líderes capazes de fazer as transformações?


A liderança requer conhecimento e muita força de vontade, além da disposição e adaptabilidade. Hoje, é fundamental acreditar no processo de transformação e estar convicto de que as mudanças vão alterar a cultura organizacional - mexendo a estrutura da empresa e dos colaboradores.


A figura do líder não nasce da noite para o dia. Por isso mesmo, é uma construção a longo prazo, em que pessoas são preparadas e capacitadas para exercer esse papel. Ao longo da jornada dos colaboradores, a visão estratégica, o bom relacionamento e a capacidade de se encaixar nas mudanças faz com que algumas pessoas consigam se destacar e, automaticamente, fiquem melhor preparadas para o momento de exercer a liderança.


No entanto, tais características não são suficientes para um líder. Os projetos de liderança e transformação exigem também o que especialistas chamam de 3 Cs em inglês: challenge (desafio), confidence (confiança) e coach (técnico, líder).

3 C’s da liderança - Fonte da Imagem: Business Mind Today
3 C’s da liderança - Fonte da Imagem: Business Mind Today

Papel do líder


Uma pessoa que tenha como característica os 3 Cs é referência no quesito liderança porque atende às demandas primordiais para conseguir fazer as transformações necessárias. Essa pessoa é confiável para apostas tanto da empresa quanto de seus colaboradores; está disposta a colaborar com as demandas (e aceitar colaborações) e; tem coragem para ousar e tomar decisões de maneira ágil e eficiente.


Diante de um cenário como esse, o papel do líder é unir essas características em prol do melhor resultado para a indústria ou organização. Até porque, o cenário atual é muito conturbado e a figura da liderança precisará estar atenta e ter total confiança de sua equipe para conseguir atingir a meta, que é sempre prosperar e sobreviver diante de tantas incertezas.


Liderar uma pequena, média ou grande transformação requer muito dos indivíduos interconectados no processo, especialmente no que diz respeito à aceitação de tantos desafios. Cabe ao líder, diante disso, exercer o papel de se transformar para otimizar o negócio e ao mesmo tempo, reinventar os processos para conseguir atingir os objetivos.


white paper siemens

Principais desafios


Mesmo com todas as características de liderança, isso não significará o sucesso da transformação de grandes projetos na indústria. Liderar é estar sempre atento (a) ao que acontece e também acompanhar o ritmo das transformações, exigindo que se cumpram os prazos e as metas.


Além disso, hoje, um dos grandes desafios tanto para líderes quanto para as empresas é sobreviver no mercado em constante evolução. Se tratando do mundo pós-pandemia e das crises econômica e política persistentes, fica ainda mais difícil (afinal, é muito mais fácil fazer as transformações quando a maré está ao nosso favor).


Quem exerce a liderança também tem como desafio o aprendizado constante. A função exige conhecimento, que passa por capacitações e pela disciplina de estar atento ao que acontece no mundo exterior.

Mais um desafio que coloco no papel da liderança é ter, ao seu lado, uma equipe comprometida e talentosa, capaz de ser resiliente o suficiente para enfrentar os percalços do caminho - e se engana quem pensa que não haverá desafio, mesmo diante do melhor planejamento possível.


artigo siemens

Dicas para exercer a liderança em transformações


Ser um grande líder não é sorte ou acaso. É uma preparação constante e uma busca pela posição. Quanto mais capacitado você estiver, melhor será seu desempenho diante das turbulências do mercado atual. Mesmo assim, há algumas dicas para você estar pronto (a) para a função.

  1. Invista em capacitações: nenhum líder chegará ao sucesso sem ter se preparado para isso. Além de cursos técnicos, que a gente costuma chamar de hard skills, você também precisa investir em suas soft skills, que trabalham a personalidade e características individuais capazes de fazer com que você adapte seus pontos fortes com o que é necessário na função de liderança.

  2. Aproveite as oportunidades: muitas vezes as oportunidades de assumir funções de liderança acontecem no cotidiano, como por exemplo em reuniões ou crises na empresa. Não fique intimidado, nem tenha medo de emitir sua opinião sobre os assuntos, isso demonstrará sua aptidão para a liderança.

  3. Cresça com suas conquistas: não precisa ter vergonha de compartilhar seus feitos e vitórias. Estar em posição de liderança também é inspirar seus colegas para que tenham sucesso junto com você.

  4. Encare os problemas de frente: não culpar outras pessoas por erros cometidos é um bom sinal de liderança com sabedoria. Demonstra ainda que você honra seus compromissos e sabe como a liderança deve ser exercida.

  5. Compartilhe a vitória com quem ajudou: um bom líder, além de reconhecer as vitórias, também as compartilha com os demais, demonstrando o papel de todos da organização para o resultado final.

  6. Não tenha medo: apesar das grandes transformações exigirem muito do líder, é neste momento que você pode fazer toda a diferença e colocar suas melhores ideias em prática. Mesmo quando o desafio é grande, ainda assim é possível realizar!

E agora, você está pronto (a) para encarar um desafio como esse?


Carlos Boechat

Carlos Eduardo Boechat

Diretor Associado de Industry X na Accenture | Diretor Executivo | Empreendedor | Conselheiro | Consultoria | Estratégia | Tecnologia | Inovação | Transformação Digital | Indústria 4.0 | Mentoria | Palestrante | Mestrado Publicado • 1 a

Linkedin - Youtube - Colunista BR40


Maturidade 4.0

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page