top of page
  • Foto do escritorBR40

Cursos Siemens: SITRAIN e Power Academy alavancam aprendizado nas áreas de Indústria e Energia

  • Objetivo é capacitar clientes, estudantes e interessados para as tendências de mercado e tecnologias da Siemens;

  • Parcerias com UNISINOS, em São Leopoldo, e Senai de Pindamonhangaba ampliam o espectro de alcance dos cursos;

  • Certificados de conclusão aumentam empregabilidade dos participantes.


siemens

Em 2023, a Siemens capacitou cerca de 2.400 participantes no SITRAIN e na Power Academy para usarem as soluções da companhia. Foto: Divulgação Siemens


No início do ano, muitos traçam metas de desenvolvimento pessoal e profissional. Para alavancar o aprendizado de clientes, estudantes e interessados nos temas de Indústria e Energia, a Siemens promove cursos presenciais e à distância com o objetivo capacitar esses públicos sobre o melhor uso das soluções e produtos da companhia. Em sua sede em São Paulo, na Anhanguera, está o SITRAIN; na planta de Jundiaí, a Power Academy, presente em 15 países onde a companhia atua.

 

O objetivo das duas instituições é similar e acadêmico, ou seja, capacitar pessoas. Para processos produtivos, com linha de produção de uma indústria que possui equipamentos ou sistemas Siemens, como SIMATIC S7, WinCC, SCALANCE, SINAMICS, PCS7 e SINUMERIK, os cursos são ministrados no SITRAIN. Na Power Academy, o foco está no setor de energia, nos segmentos de geração, transmissão e distribuição com foco na digitalização de subestações, sejam elas de cidades ou empresas. As principais soluções são o relê de proteção Siprotec 5 e Reyrolle, além das remotas de comunicação da linha SICAM A8000 nos painéis dos clientes. 


siemens

Como líder de mercado em automação, a Siemens está presente nas indústrias química, farmacêutica, automotiva, mineração, papel e celulose, entre tantas outras. A demanda por conhecimento aumenta cada vez mais, em um mundo veloz e pleno de atualizações.


Além dos cursos presenciais no SITRAIN, a Siemens está ampliando seu espectro de alcance, pois recentemente fechou uma parceria com a UNISINOS (Universidade do Vale do Rio dos Sinos), campus de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, e com o SENAI de Pindamonhangaba. “Em 2023, 1.900 participantes se formaram em 190 treinamentos e queremos ampliar ainda mais este número em 2024, através da difusão do conhecimento nas tecnologias Siemens e acesso ao SITRAIN com novas parcerias com instituições de ensino”, diz Bruno Doimo, coordenador do SITRAIN.


Na Power Academy, aberta há um ano no Brasil, foram quatro treinamentos por mês com dez alunos em cada um, totalizando 480 pessoas. O modelo de estudo é flexível: é possível realizar treinamentos na fábrica da Siemens em Jundiaí (com clientes diferentes que usam soluções similares) ou na planta do cliente, com no mínimo seis participantes.

 

“Para cada solução que lançamos, precisamos capacitar nossos clientes. E a missão da Siemens é disseminar conhecimento da tecnologia que usamos, sempre de forma inovadora. Existe um lado social de colaborar com a empregabilidade dos que fazem os cursos, pois o nosso certificado vale muito no mercado. Aprender diretamente com o fabricante é uma validação gigante”, diz Diego Petrowski, responsável pela Power Academy da Siemens.

 


siemens

Durante os meses de janeiro, fevereiro e março, alguns cursos do SITRAIN terão descontos de 15%, conforme quantidade de vagas contratadas. Mais informações podem ser obtidas no site de cada área.

 

 

Dentro da Siemens, o incentivo ao aprendizado contínuo, à requalificação e à atualização das pessoas que compõem a força de trabalho na companhia é prioridade. Somente no ano fiscal 2023, foram investidos cerca de 280 milhões de euros em treinamento profissional e educação continuada. Isso gera pertencimento e engajamento, que são a base do sucesso da tecnologia com propósito.

 

 

Sobre a Smart Infrastructure:

A Siemens Smart Infrastructure (SI) está definindo o mercado de infraestrutura inteligente e adaptável de hoje e do futuro. A companhia está focada em atender aos desafios urgentes da urbanização e das mudanças climáticas, com a conexão de sistemas de energia, edifícios e indústrias. A SI cria ambientes que colaboram com o planeta e o bem-estar das pessoas, oferecendo aos clientes um portfólio completo de produtos, sistemas, soluções e serviços integrados, que envolvem desde a geração de energia até o consumo. Com um ecossistema cada vez mais digitalizado, contribui para o progresso de clientes, parceiros e de toda a sociedade. A sede global da Siemens Smart Infrastructure está localizada em Zug, na Suíça, e a empresa possui cerca de 70 mil funcionários em todo o mundo.

 

A Siemens AG (Berlim e Munique) é uma empresa de tecnologia com foco na indústria, infraestrutura, transporte e saúde. De fábricas mais eficientes em termos de recursos, cadeias de suprimentos resilientes e edifícios e redes mais inteligentes, a transportes mais limpos e confortáveis, bem como cuidados com a saúde avançados, a empresa cria tecnologia com propósito agregando valor real para os clientes. Combinando os mundos real e digital, a Siemens capacita seus clientes a transformar seus setores e mercados, ajudando-os a transformar o dia a dia de bilhões de pessoas. A Siemens também possui uma participação majoritária na empresa de capital aberto Siemens Healthineers, fornecedora líder global de tecnologia médica que está moldando o futuro da saúde.

No ano fiscal de 2023, encerrado em 30 de setembro de 2023, o Grupo Siemens gerou receita de € 77,8 bilhões e lucro líquido de € 8,5 bilhões. Em 30 de setembro de 2023, a empresa contava com aproximadamente 320.000 funcionários em todo o mundo. Mais informações estão disponíveis na internet aqui.

 

No Brasil, a Siemens iniciou suas primeiras atividades em 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1905, ocorria a fundação da empresa no País. Ao longo de sua história no Brasil, a Siemens contribuiu ativamente para a construção e para a modernização da infraestrutura. O Grupo Siemens é formado pela Siemens (Infraestrutura e Indústria), pela Siemens Healthineers e pela Siemens Mobility. Atualmente, o Grupo Siemens conta com quatro fábricas, cinco centros de Pesquisa e Desenvolvimento e cinco Centros de Distribuição espalhados por todo o território nacional. Para mais informações acesse nosso website.


Fonte: Assessoria de Imprensa InPress Porter Novelli

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page