top of page

Decifrando o ChatGPT: Mitos, Verdades e a Busca por Autenticidade

Muita gente está pensando — e fazendo — a mesma coisa: os textos ChatGPT podem ser usados para a produção de conteúdo? 🤔


Rodrigo Portes

É simples entender o motivo da curiosidade e desses usos do ChatGPT: ele tem um grande potencial de acelerar a produção ao mesmo tempo em que reduz custos. 


A questão é que o uso dos textos do ChatGPT sempre vem acompanhado de um conselho raramente seguido: ele precisa ser revisado, editado e otimizado. 


Vamos abordar neste artigo alguns mitos e verdades sobre essa ferramenta e também trazer dicas sobre como criar bons prompts para extrair o máximo do Chat.


Vamos lá!


O que é o ChatGPT


O ChatGPT é uma IA Generativa, assim como outras ferramentas populares de criação de imagens como o Midjourney e o DALL-E 2. 


O conceito da IA Generativa é simples de entender: ela é a primeira categoria de Inteligência Artificial capaz de produzir, com base nas suas referências e no que você pede, algo completamente novo. 


Antes do desenvolvimento dessa tecnologia, a Inteligência Artificial conseguia no máximo atender algumas solicitações conforme fluxos muito bem determinados. 


Exsto

Por exemplo: um chatbot para atendimento que conseguia entregar algumas respostas simples para perguntas dos seus usuários.


No caso dos textos do ChatGPT, você está solicitando que ele produza um texto completamente novo, e esse texto nunca será igual a nenhum outro que ele já produziu. 

Isso é bastante diferente do que estamos acostumados a ver com a Inteligência Artificial e um avanço muito grande nesse campo. 


Tem como descobrir se um texto foi escrito pelo ChatGPT?


Hoje é impossível garantir com 100% de certeza se um texto foi escrito pelo ChatGPT. Você pode desconfiar e estar com 90% de certeza, mas saber ao certo? Não dá. 


Isso porque estamos lidando com linguagem. Uma pessoa, por exemplo, pode muito bem fazer um texto absolutamente parecido com o ChatGPT. 


Por conta disso, não existe nenhuma ferramenta hoje que consegue garantir se um texto é gerado por IA ou não. Existem algumas que dizem conseguir, mas é impossível. 


O próprio ChatGPT pode te dizer que ele consegue identificar, mas os resultados são bem na sorte. Às vezes ele acerta, outras vezes ele erra.


Siemens

Os erros mais comuns do ChatGPT


A IA Generativa erra, e erra bastante. Pra você ter uma ideia, no lançamento do Bard (a IA do Google) em Paris, a ferramenta cometeu um erro publicamente algumas horas antes no seu próprio material publicitário. 



E o erro cometido foi um dos mais comuns: um fato inventado. Na demo, o prompt pedia para o Bard dizer um fato impressionante sobre o Telescópio James Webb. Ele respondeu que esse telescópio tirou a primeira foto de um planeta fora do sistema solar. 


O problema: a primeira foto de um desses planetas já tinha sido tirada 14 anos antes, em 2004. 


Por conta do modelo estocástico erros factuais são bastante comuns com IAs. Isso porque a resposta não está errada sob essa ótica. 


A entrega do texto foi 100% correta. A linguagem está natural e convincente. Mas os fatos ficam em segundo plano por conta da dificuldade que as IAs têm em raciocinar e cruzar dados. 


Interplast 2024

Alguns mitos e verdades sobre o ChatGPT


Usar o ChatGPT para produzir textos publicitários é algo já popularizado no mundo inteiro. Todo mundo está fazendo, mas não é todo mundo que está fazendo do jeito certo. 


Veja abaixo alguns mitos e verdades sobre o uso desta ferramenta:


O Google pune textos do ChatGPT?


Inicialmente o Google tinha uma abordagem muito mais “mão pesada” com textos de Inteligência Artificial. Aliás, essa era a intenção do Google, mas é bem difícil dizer se ele realmente conseguiu implementá-la na sua primeira atualização Helpful Content, lá em 2022. 


Hoje isso já não existe mais. O Google não pune nem vai punir textos unicamente por eles serem criados por IA. 


Até porque isso seria bastante injusto. Títulos de anúncios no Google Ads também seriam penalizados? Claro que não, ou o Google ficaria sem dinheiro rapidinho. 


E vídeos no Youtube? E anúncios em vídeos no Youtube? 


Justamente para evitar essa questão de um peso e duas medidas é que o Google decidiu voltar algumas casas e não implicar com o ChatGPT. Mas lembre-se do mais importante: O conteúdo deve ser útil e de qualidade.


O ChatGPT conta mentiras?


Não diria exatamente mentiras, mas o ChatGPT e outras ferramentas de IA que produzem texto são notórias por entregar alguns dados incorretos aqui e ali. 


Ainda não se sabe quando isso vai mudar ou até se vai. O modelo estocástico traz esse problema por design. 


Pela abordagem probabilística palavra por palavra acaba sendo impossível verificar a veracidade de trechos inteiros em alguns casos, o que ocasiona em erros. 


O ChatGPT tem acesso à internet?


Informação nova: o ChatGPT já tem acesso a internet e a usa para oferecer respostas personalizadas e com mais garantias. 


Mas um adendo: isso é fruto de uma parceria com a Microsoft, de longe a maior patrocinadora da OpenAI. A funcionalidade está disponível para usuários do ChatGPT Plus, através de um recurso novo chamado “Browse with Bing”. 


Isso você precisa definir no próprio ChatGPT. Nas configurações, procure por “Beta features” e ative o Browse with Bing. 


Depois, você volta para a tela inicial do ChatGPT, escolhe o GPT-4 e também libera a funcionalidade beta Browse with Bing. 


O ChatGPT é plágio perante a lei?


Não! Usar o ChatGPT não é plágio no Brasil. 

Como ainda não existe nenhuma regulamentação sobre o tema, o uso do ChatGPT não é considerado plágio na publicidade e nem mesmo em produções acadêmicas. 


A questão é que o texto do ChatGPT, também por falta de regulamentação, não tem autoria definida. Então é possível que você mesmo sofra plágio em uma peça que você criar. 


Como usar o Chat GPT para vender mais?


Com todo o potencial desta ferramenta, você pode alcançar resultados ilimitados! 

Então confira 6 dicas para vender com o Chat GPT:


1. Gerar leads

Existem muitas maneiras de gerar leads usando o Chat GPT. A primeira é criar um texto atraente para sites, manchetes, subtítulos, páginas de destino, anúncios e muito mais.

Além disso, os dados fornecidos podem ajudar a montar listas de e-mail para clientes em potencial e gerenciar bancos de dados de clientes em estratégias de saída.


2. Criar modelo de e-mail

Configurar um processo de envio de e-mail pode ser uma tarefa assustadora. Mas, com o Chat GPT, você pode obter modelos diferentes para e-mails frios altamente personalizados para enviar a cada cliente em potencial.


3. Produzir conteúdo

O Chat GPT também pode te ajudar a criar diferentes tipos de materiais de vendas como e-books, postagens em blogs e mídias sociais, boletins informativos e muito mais. 

Entretanto, ele é treinado apenas em dados anteriores ao ano de 2021 e não está vinculado às fontes de dados que fornecemos, podendo não gerar um conteúdo que corresponda exatamente ao tom da sua marca. Portanto, a revisão manual ainda é necessária.


4. Auxiliar nas chamadas frias

Esse é um dos maiores desafios enfrentados pelo pessoal de vendas e pré-vendas no modelo de telemarketing.

Com o Chat GPT, as equipes podem obter scripts para entrar em contato com clientes em potencial e como complemento, além de gerar perguntas, os vendedores podem solicitar que a ferramenta monte possíveis respostas com base em um script para facilitar as objeções.


5. Descrição do produto

O Chat GPT permite criar diferentes tipos de descrição de produtos e guias de instrução. Por isso, você pode testar diferentes apresentações de um mesmo conteúdo solicitando que ele adapte o texto em diferentes formatos.


6. Brainstorming

Se estiver precisando desenvolver uma nova estratégia de vendas, você pode pedir ao Chat GPT para criar uma lista de opções que podem ser aplicadas à estrutura exata da sua equipe, modelo de negócios e sazonalidade do produto ou serviço.

Dessa forma, é possível obter informações sobre suas necessidades sem precisar realizar uma sessão de brainstorming. 

Além disso, essa ferramenta também consegue fornecer dados sobre seus clientes, permitindo que os representantes de vendas atualizem, limpem e gerenciem seu banco de dados de uma maneira mais completa.


7. Objeções de vendas

Utilizando dados coletados de interações anteriores com clientes, o ChatGPT pode identificar as objeções mais comuns e elaborar respostas eficazes. Isso permite a criação de módulos de treinamento personalizados que preparam os vendedores para lidar com diferentes tipos de resistência durante o processo de vendas.


Prompts de comando para você extrair o máximo do ChatGPT 


Sabe a mensagem inicial com uma pergunta que você envia para o ChatGPT? Ela é chamada de “prompt de comando” que será o indicativo para a ferramenta executar uma tarefa. 


Se você quer melhorar a maneira como está usando o ChatGPT, é preciso melhorar as perguntas que você está fazendo.


Aqui, temos alguns prompts de comando que você pode implementar no seu dia a dia para otimizar o seu tempo e ajudar você a extrair o melhor da ferramanta:



Rodrigo Portes


Rodrigo Portes

Por: Rodrigo Portes

Diretor de Vendas | Diretor Comercial | Gerente Nacional de Vendas | Gerente de Vendas Sênior | Mentor | Palestrante | Autor | Transformação Digital | Indústria 4.0

Fonte: Linkedin Rodrigo Portes - BR4.0


コメント


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page