• BR40

Diretora de Inovação da CNI é indicada para o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia

Gianna Sagazio foi nomeada para vaga destinada a representantes dos produtores e usuários de ciência, tecnologia e inovação. Órgão federal propõe políticas e planos para a agenda de CT&I


A diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Gianna Sagazio, foi indicada para compor o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT). Economista, Gianna foi nomeada para uma vaga destinada a representantes dos produtores e usuários de ciência, tecnologia e inovação. A indicação foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (3).


O CCT é um órgão consultivo e de assessoramento do Presidente da República com o objetivo de propor políticas, planos e prioridades para o desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro, assim como avaliar a execução da política nacional de Ciência e Tecnologia.


Gianna destaca que, na cadeira de conselheira, pretende levar contribuições do setor produtivo para as políticas de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) e lutar pelo aumento dos investimentos no setor.


“É fundamental priorizar a CT&I no Brasil, por meio de políticas públicas robustas e de longo prazo e fortalecer o sistema de financiamento ao setor. Esse é o caminho para o país sair forte da crise e inserir a nossa indústria nas cadeias globais de valor. Somente assim poderemos gerar bons empregos e assegurar qualidade de vida para a população”, afirma.

Além de diretora de Inovação da CNI, Gianna Sagazio é a responsável pela coordenação executiva da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), grupo liderado pela CNI que reúne cerca de 400 lideranças empresariais das principais empresas com atuação no Brasil, além de autoridades públicas e representantes da academia.


Gianna Sagazio é diretora de Inovação da CNI e passa a integrar o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia


Maior fórum de interlocução entre o governo federal e a iniciativa privada, a MEI se reúne a cada três meses em encontros com a presença de representantes dos poderes Executivo e Legislativo, nos quais são discutidos e definidos caminhos para potencializar a inovação no setor empresarial brasileiro, bem como avaliar as ações já em curso de estímulo à agenda de CT&I no país.


Entre as iniciativas da MEI destacam-se diagnósticos e estudos, colaboração com políticas do governo, apoio para empresários inovarem, imersões para ecossistemas de inovação no Brasil e no exterior, proposições para a melhora do financiamento à CT&I, estudos sobre a modernização dos currículos de engenharia, entre várias outras ações.


Veja as principais atribuições do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT)

  • Propor a política de ciência e tecnologia do país, como fonte e parte integrante da política nacional de desenvolvimento;

  • Propor planos, metas e prioridades de governo referentes à ciência e tecnologia, com as especificações de instrumentos e de recursos;

  • Efetuar avaliações relativas à execução da política nacional de C&T;

  • Opinar sobre propostas ou programas que possam causar impactos à política nacional de desenvolvimento científico e tecnológico, bem como sobre atos normativos de qualquer natureza que objetivem regulamentá-la.


Fotos: José Paulo Lacerda e Iano Andrade/CNI

Fonte: Agência CNI de Notícias

Simulação Engenharia 160x600.png