• Brasil 4.0

Emprega Mais: 23 mil vagas para qualificação e aperfeiçoamento entre julho e agosto

Programa do Ministério da Economia em parceria com SENAI oferece cursos de graça para trabalhadores da indústria e desempregados. Empresas interessadas devem requisitar vagas e indicar profissionais

O SENAI-RN e a Guararapes, uma das maiores empresas têxteis no Brasil, estão formando mais de 300 pessoas


Entre julho e agosto, o Emprega Mais deve oferecer 13,4 mil vouchers de requalificação para trabalhadores da indústria se manterem atualizados e 9,6 mil para desempregados se qualificarem e voltarem ao mercado de trabalho. O programa do Ministério da Economia em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) tem como objetivo promover a geração de emprego e o incremento da produtividade a partir da educação profissional.


Os cursos são de qualificação e aperfeiçoamento profissional, presenciais e semipresenciais, com carga horária média de 120 e 240 horas. Entre julho e agosto, as 23 mil vagas - sendo 13.476 vouchers do Requalifica, para quem já trabalha, e 9.698 do Novo Emprego, para desempregados - estarão distribuídas em 21 estados.



Empresas de todos os portes e pessoas físicas podem participar


As ofertas de cursos são feitas pelas escolas do SENAI em cada cidade ou região, de acordo com a demanda do setor produtivo. Micros, pequenas e médias empresas (até 499 empregados) podem aderir ao programa em duas modalidades - Emprega Mais Voucher Requalifica e Emprega Mais Voucher Novo Emprego - indicando funcionários para requalificação ou qualificando novos profissionais.


Já as grandes empresas podem aderir apenas à modalidade Emprega Mais Novo Emprego que qualifica desempregados. O número de vouchers varia de acordo com o porte da empresa e o número de vagas disponíveis no SENAI. O cadastro deve ser feito na Loja Mundo SENAI, em “para empresa”.


Pessoas físicas que estejam interessadas nos cursos gratuitos disponíveis também devem acessar a Loja Mundo SENAI, “Para você”, selecionar o estado e procurar no campo “cursos gratuitos” as ofertas disponibilizadas pelas empresas participantes do programa. Em caso de dúvidas, procure o SENAI da sua região.


Aprendizado de novas habilidades técnicas e socioemocionais


No Rio Grande do Norte, o Grupo Guararapes Confecções, líder do ramo têxtil, está formando 383 pessoas no curso Costureiro Industrial do Vestuário entre 26 de abril e 5 de julho. Ednilza Ramos do Nascimento, 20 anos, faz faculdade de Jornalismo e estava desempregada quando surgiu a oportunidade em uma das empresas que mais contratam no estado.


Ela mora em Ceará-Mirim e esse será seu primeiro emprego com carteira assinada. “Tem vaga para todo mundo, só depende do nosso desenvolvimento e interesse em ficar lá ou não. Quando terminarem as aulas, terá o psicoteste, uma entrevista e seis meses de experiência. Eu pensava em entrar lá já, mas exercendo outra função. Como apareceu a oportunidade com costura, resolvi aceitar”, relata.


A qualificação de mão de obra de acordo com a necessidade da empresa que deseja contratar é uma vantagem do programa, junto à possibilidade de aprimorar o próprio quadro de funcionários. Alguns cursos são voltados para o desenvolvimento de competências socioemocionais, as chamadas soft skills. Hoje, elas têm um papel tão ou até mais importante que o conhecimento técnico e a experiência.


Por: Amanda Maia

Fonte: Agência CNI de Notícias

Foto: SENAI-RN/Divulgação

19 visualizações0 comentário
Simulação Engenharia 160x600.png