top of page
  • Foto do escritorBR40

Empresa chinesa recebe aprovação para avançar com táxi aéreo

Projeto do modelo do EH216-S está em total conformidade com os padrões de segurança e requisitos de aeronavegabilidade da CAAC


táxi aéreo

A EHang Holdings, empresa de tecnologia de mobilidade aérea urbana, anunciou que o EH216-S, seu sistema de veículo aéreo não tripulado de transporte de passageiros, obteve o certificado de tipo “TC” emitido oficialmente pela Administração de Aviação Civil da China.


Isso demonstra que o projeto do modelo do EH216-S está em total conformidade com os padrões de segurança e requisitos de aeronavegabilidade da CAAC, e que o EH216-S está qualificado para conduzir operações comerciais de UAV para transporte de passageiros.


Com a aprovação, a empresa com sede em Guangzhou poderá trabalhar com parceiros locais e realizar passeios aéreos em locais cênicos, como o Lago Tianchi na província de Xinjiang e a Baía de OH em Shenzhen. Além disso, permite uma vantagem sobre um pré-mercado com concorrentes nos Estados Unidos e Europa, que correm para cumprir diretrizes rigorosas de certificação. Um deles é o modelo da Eve, da Embraer.


Durante o processo de validação, o EH216-S passou por extensos testes de laboratório, solo e voo em laboratórios de aviação profissionais e locais de teste em vários locais da China. Esses testes incluíram desempenho do material principal, resistência estrutural, resistência a chamas, resistência a choques, toxicidade de gases, condições ambientais de equipamentos e sistemas, simulação de software, links de dados, estações de controle de solo, funcionalidade geral do sistema, compatibilidade eletromagnética, desempenho de voo e características de estabilidade de vôo.


siemens

O processo de validação examinou componentes, equipamentos e toda a aeronave em busca de defeitos pré-fabricados, falhas e interferências durante experimentos de laboratório e testes de voo. Foram mais de 40 mil testes de voo.


O EH216-S está com preço estimado em 2,16 milhões de yuans e possui oito braços que se projetam a partir de seu centro equipados com 16 hélices, cada uma com seu próprio motor elétrico. O tempo de recarga da bateria é de 120 minutos e a carga máxima da aeronave é de 220 kg. Segundo a empresa, ele pode viajar a cerca de 100 km/h por 25 minutos e ainda não foi informado quando custará a viagem de táxi aéreo.


Fonte e imagem: Startupi

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page