top of page
  • Foto do escritorBR40

Evento internacional sediado no Ital aborda desafios e possibilidades da inovação em alimentos



alimentos

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, sedia, nos dias 05 e 06 de junho, o V International Food Tech Forum. O evento vem se consolidando como o mais importante da América Latina na área de FoodTechs e a programação deste ano conta com temas como inovação colaborativa, nutrição e inteligência artificial, cadeias sustentáveis e inclusivas e eficiência nas cadeias de suprimentos, entre diversos outros tópicos. Os paineis discutem o que há de mais novo em cada um desses assuntos a nível mundial, contando com debatedores de relevância global.


Paralelamente ocorre a 4° edição da FoodTech Expo, que reúne startups disruptivas do país e latinoamericanas. As expositoras participam do Foodtech Global Challenge, no qual, a partir da escolha do público, as cinco startups mais votadas serão selecionadas para um pitch final, com um corpo de jurados definindo a vencedora.


Para início dos trabalhos, a diretora-geral do Ital, Eloísa Garcia, deu as boas-vindas ao público e parabenizou a organização do evento, centrada no Foodtech hub latam, pela pertinência do tema escolhido para a V edição: A indústria de alimentos resiliente, colaborativa e inclusiva. "É uma indústria de alimentos que está se estruturando para o futuro", comentou Eloísa.


siemens

Representando o secretário de Agricultura de SP, Guilherme Piai, na mesa oficial de abertura, o coordenador da Apta, Carlos Nabil Ghobril, ressaltou em sua fala que a cidade de Campinas é um verdadeiro Hub de inovação em diversas áreas, notadamente alimentação e agricultura, e que as unidades da Apta na região contribuem para o sucesso desse ecossistema. "Temos uma missão, no Brasil, de alimentar o mundo, e para isso precisamos desenvolver tanto a parte agrícola quanto a de processamento, industrial. É, para nós, uma responsabilidade muito importante na área da pesquisa", pontuou o gestor.


Nabil realçou o AptaHub, ecossistema de inovação que vem sendo implementado pela Apta, como um novo esforço da Agência nesse sentido e lembrou que, no mês passado, o Ital passou a sediar um dos ambientes de inovação da rede - serão sete, ao todo, distribuídos em quatro cidades paulistas. O coordenador da Apta também mencionou o Tropical Food Innovation Lab, centro de pesquisa e desenvolvimento inaugurado no ano passado no Ital, como uma iniciativa de destaque. “O Tropical Food Innovation Lab é um exemplo de sucesso: inovador, no sentido de fazer diferente e buscar novos caminhos", afirmou.


A mesa inicial contou ainda com as participações do CEO do Foodtech hub latam, Paulo Silveira, da pesquisadora do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços Fabiana Alves, do diretor executivo da ABIR, Alexandra Horta, e do secretário municipal de Finanças de Campinas, Aurílio Caiado, que representou o prefeito Dário Saadi.


Balluff

Por Gustavo Almeida

Fonte e imagem: Assessoria de imprensa Apta

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page