• Brasil 4.0

Gerdau investirá R$ 6 bilhões em Minas Gerais

Aporte financeiro irá gerar mais de 6 mil novos postos de trabalho no estado



A Gerdau anunciou, no dia 06/08, um plano de investimento de R$ 6 bilhões em Minas Gerais nos próximos cinco anos. O intuito é ampliar e modernizar suas operações locais e a previsão é que a iniciativa gere 6 mil novos postos de trabalho durante a implantação dos projetos. “A nossa vida não existe sem a utilização do aço e ter uma empresa como a Gerdau, que é socialmente responsável, que gera empregos de qualidade, é um ganho para nosso estado”, afirmou Flávio Roscoe, presidente da FIEMG, durante o evento realizado Museu de Minas e Metais (MMM), em Belo Horizonte. “O aumento do investimento em Minas Gerais traz um ganho intangível: o conhecimento”, pontuou o líder empresarial ressaltando que ao contratar mão de obra específica e qualificada, a empresa promove a multiplicação deste conhecimento.


Dividido em três eixos principais, Crescimento, Atualização Tecnológica e Diversificação, o investimento contemplará todas as regiões onde a Gerdau possui atuação, beneficiando dezenas de municípios mineiros, em atividades de produção de aço, mineração, produção de energia renovável e a atividade de florestas plantadas.


A usina de cidade de Ouro Branco será uma das beneficiadas com a ampliação da capacidade anual de produção de bobinas a quente em 250 mil toneladas/ano, com o começo da produção previsto para início de 2024. “A nova capacidade de bobinas a quente nos permitirá entregar aço com cada vez maior valor agregado aos nossos clientes. Por sua vez, a produção adicional de perfis estruturais, segmento no qual somos pioneiros no Brasil desde os anos 2000, está alinhada à nossa estratégia de desenvolvimento da indústria de construção metálica, contribuindo para uma maior produtividade dos segmentos imobiliário, industrial e de infraestrutura”, diz Marcos Faraco, vice-presidente da Gerdau.


Os investimentos também serão aplicados no aprimoramento de práticas ambientais e modernização tecnológica no âmbito da Indústria 4.0 nos parques industriais das cidades de Ouro Branco, Barão de Cocais, Divinópolis e Sete Lagoas. A empresa também investirá no crescimento e modernização de sua base de florestas renováveis de eucalipto e a descaracterização da barragem dos Alemães, localizada em Ouro Preto, com a adoção de tecnologias de empilhamento a seco de rejeitos e a sustentabilidade econômica da produção de minério de ferro.


Fonte e imagens: FIEMG

157 visualizações0 comentário
Creating-a-Sustainable-Future-wp-banners160x600.jpg