top of page
  • Foto do escritorBR40

Inteligência Artificial e Big Data: essenciais na geração de valor para empresas

A Inteligência Artificial (IA) e o Big Data desempenham um papel crucial na geração de valor nos negócios para as empresas. Ao utilizar o Big Data como base, é possível construir modelos de IA capazes de emular decisões humanas, desde que os Dados estejam disponíveis, classificados ou anotados pelos seres humanos. Essa combinação permite: transformar Dados em informações, interpretá-las para adquirir conhecimento, apropriar-se do conhecimento criando inteligência estratégica e, por fim, aplicar essa inteligência estratégica para aperfeiçoar o desempenho gerando valor para as operações.


Inteligência Artificial

Segundo um estudo da International Data Corporation (IDC), os gastos com IA no Brasil devem superar U$ 1 bilhão em 2023, com destaque para as soluções de automação inteligente. No entanto, é importante destacar que muitos projetos falham devido à falta de estruturação e integração dos dados, como revelado por um estudo do Gartner. Por isso, é fundamental garantir que a aplicação da IA seja estratégica, impulsionando a inovação nos processos e operações das organizações.


Por ser uma ferramenta essencial para os negócios, é importante lembrar que o objetivo final pode se manifestar de várias formas, como a regeneração do planeta, aumento da inclusão social, prosperidade econômica e outros impactos positivos para a sociedade. É necessário monitorar, constantemente, os resultados dos projetos e ajustar o percurso, caso seja necessário.


Um dos principais desafios na implementação de projetos de IA é a falta de estruturação e integração dos Dados. Muitas vezes, eles concentram-se mais na qualidade e organização dos dados do que na própria aplicação da IA. Sendo assim, é necessário adotar uma abordagem abrangente, começando pelo Big Data, que fornece o volume necessário de Dados. Em seguida, é preciso processar e organizar esses dados, transformando-os em informações interpretáveis e, posteriormente, em conhecimento estratégico.


Conforme eles são estruturados e adquirem qualidade, é possível avançar para modelos mais robustos de IA. Porém, nem todos os projetos serão bem-sucedidos, por esse motivo é necessário aprender com as falhas, administrá-los, utilizando a ferramenta correta de acordo com o problema e saber quando encerrá-los.


Artigo Siemens

Outro ponto que vale ser mencionado é a sinergia entre seres humanos e máquinas para a geração de valor e inovação. A máquina pode lidar com grandes volumes de dados e tarefas repetitivas, enquanto as pessoas trazem sua capacidade criativa para resolver problemas complexos e eliminar ambiguidades. Ao integrar ambos, há a cooperação para obter resultados sinérgicos significativos, tirando o melhor de cada um. Isso é o que levará a sociedade e as empresas a um novo nível de desempenho.


Portanto, é válido ressaltar que a Inteligência Artificial e o Big Data são fundamentais nos negócios. Porém, não podemos deixar de lado a importância da sinergia entre homem e máquina, pois, enquanto a máquina automatiza as tarefas, o homem tem a capacidade de ser inovador e aplicar a criatividade para a solução de problemas. Por isso, é preciso que as empresas inspirem para o novo e acolham os aspectos humanos desse desafio, para que os profissionais acelerem a elaboração e adoção de processos e mecanismos de modelos de Inteligência Artificial que tiram o melhor da máquina e o melhor do ser humano de forma colaborativa, gerando valor para todos.


Por Augusto Borella, diretor de tecnologia da Viasat, Intelie

Fonte e imagem: InforChannel



Comentarios


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page