Investimentos em Inteligência Artificial aceleram crescimento dos negócios

A pandemia foi um processo de impulsionamento e aceleração para muitos setores. Na medicina, a necessidade global de elaboração de vacinas para o combate do vírus, incitou trabalhos e pesquisas exaustivas para que a produção laboratorial avançasse a passos largos. Já no setor de negócios, a nova realidade foi desafiadora e provocou empreendedores a darem saltos maiores, tanto para o ambiente técnico quanto para o gestor. Nesse contexto, não é tão difícil encontrar motivos para o crescimento relevante de investimentos em tecnologia.


Com um possível lucro de 62,5 bilhões de dólares para 2022, as empresas que já apostam em tecnologia visam investimentos ainda maiores e serviços cada vez mais automatizados. Segundo estudo da consultoria Gartner Group, que levou em conta a opinião de CEOs ao redor do mundo, a previsão para 2025 é de que metade das empresas do mundo atinjam um grau elevado na implementação de tecnologias de inteligência artificial.


É possível projetar, portanto, para o cenário futuro, que o mercado demandará cada vez mais empresas capazes de acompanhar os avanços da tecnologia mais automatizada. Apesar de ser um processo que avança com velocidade, a implantação da I.A em tantas empresas e de forma tão naturalizada continua sendo um processo que demanda tempo e esforço, e ainda sim muito necessário.


O estudo em questão, também destacou as áreas baseadas em I.A que foram alvos de investimentos intensificados e que tiveram grande utilidade para as empresas em 2021, e que têm estimativas ainda maiores para 2022. Dentre as que conquistaram mais espaço, estão os assistentes virtuais e a gestão de conhecimento, chegando a representar 14% e 31% respectivamente do total previsto para este ano.



Ambos os números são conscientes e uma consequência das necessidades apresentadas pelas empresas atualmente. O número de corporações que concentram seus esforços em aumentar os números com auxílio da tecnologia está em crescimento exponencial desde o ano de 2019. A tendência é que o percentual continue a crescer, o Brasil é um exemplo claro do avanço da IA no mercado, já que em 2021, segundo o levantamento encomendado pela IBM e realizado pela Morning Consult, 40% das empresas brasileiras já faziam uso pleno da Inteligência Artificial.


Os investimentos podem começar de maneira tímida como na implementação de um chatbot como assistente virtual, e ir até uma consultoria especializada de análise de dados e automação de processos, por menor que seja o investimento as chances de obter um bom retorno da IA. são altas e explícitas. Não há regras para o avanço, somente necessidades criadas pelo contexto social e a necessidade do mercado de se adaptar a ele, somente as empresas capazes de acompanhar e se adequar a esses requisitos terão boas chances de continuarem competitivas.


Por Mariana Mangueira, produtora de conteúdo na Dataside.

Fonte e imagem: InforChannel



Simulação Engenharia 160x600.png