top of page
  • Foto do escritorBR40

Maersk adquire empresa especializada no segmento de fretes

A A.P. Moller – Maersk concluiu a aquisição pretendida da Pilot Freight Services, empresa sediada nos EUA, líder em soluções de first mile, middle mile e last mile (primeira milha, milha intermediária e última milha, em tradução livre) e de transporte de longo curso. A Pilot é especializada no segmento de fretes volumosos e de grande porte na América do Norte, voltada para modelos de distribuição B2C e B2B. Os valores da aquisição não foram revelados.


Com a aquisição da empresa, a Maersk ampliará sua oferta de logística integrada na cadeia de suprimentos de seus clientes. Isso irá complementar as aquisições anteriores feitas na América do Norte, como a aquisição da Performance Team, focada em armazenamento e distribuição B2B, e da Visible SCM, especialista em armazenamento e distribuição de encomendas para e-commerce.


A Pilot adicionará novos serviços específicos no segmento de rápido crescimento do e-commerce de itens grandes e volumosos, aumentando assim as oportunidades de vendas cruzadas. Isso também criará sinergias de custos significativas, ao aproveitar capacidades e recursos ao longo das diferentes partes das soluções do serviço.


“Na Maersk, continuamos nosso caminho para desenvolver uma oferta logística verdadeiramente integrada para nossos clientes, oferecendo melhor visibilidade, mais controle e resiliência em suas cadeias de suprimentos. Adicionar os recursos da Pilot é especialmente importante, pois nos permitirá criar soluções mais interessantes para nossos clientes e apoiá-los nessa aceleração da migração para o comércio eletrônico”, afirma o CEO do departamento de Ocean & Logistics da Maersk, Vincent Clerc.



“Além disso, isso promoverá oportunidades significativas de sinergia de custos, aproveitando os recursos que já desenvolvemos em nossa rede”, continua.


Ao longo do desenrolar da pandemia, as macrotendências na cadeia de suprimentos se aceleraram, como o aumento da mudança para o comércio eletrônico, especialmente para itens grandes e volumosos. Essa importante mudança continuará e exigirá a criação de novas redes de distribuição e soluções para apoiar as empresas na adaptação de suas cadeias de suprimentos a essas novas demandas dos consumidores. A transição vale para vários segmentos verticais B2C, como varejo, móveis domésticos e eletrônicos de consumo, bem como segmentos B2B, a exemplo dos segmentos aeroespacial, automotivo e saúde.


A Pilot opera uma rede de transporte baseada em instalações na América do Norte de 87 estações e hubs através dos quais o frete é transportado e distribuído aos clientes finais. A empresa usa principalmente fornecedores terceirizados de transporte rodoviário e tem acesso à capacidade controlada que facilita uma oferta de serviço de primeira, média e última milha de alta qualidade. O escopo abrange carga completa e fracionada para distribuição B2C e B2B, incluindo remessas com serviços diferenciados, focados em rapidez e prazos definidos.


A combinação entre Pilot e Maersk oferecerá aos clientes o aplicativo e 150 instalações nos EUA, incluindo centros de distribuição, hubs e estações. Essa profundidade da rede de logística terrestre combinada com a presença internacional da Maersk criará recursos de desempenho da cadeia de suprimentos de ponta a ponta. A aquisição da American Linehaul Corporation pela Pilot, em julho de 2021, foi fundamental para criar essa experiência líder de mercado em capacidades aceleradas de meia milha e carga fracionada.


“Ao investir em soluções de primeira milha, milha intermediária e última milha e integrá-las, atendemos a uma clara demanda do cliente. Essa aquisição adicionará ainda mais experiência e capacidade de cadeia de suprimentos para clientes que enfrentam restrições de capacidade e várias transferências com fornecedores no espaço B2C e B2B. Após a conclusão desta transação, poderemos ajudá-los a instalar cadeias de suprimentos mais fortes e integradas, com melhor visibilidade e melhores resultados para os consumidores. Estamos ansiosos para receber a equipe da Pilot a bordo da família A. P. Moller – Maersk”, diz o diretor administrativo regional da Maersk North America, Narin Phol.


“Estamos ansiosos para nos juntarmos à Maersk. Este é o resultado ideal para nossos clientes, empresas e funcionários, que poderão aproveitar a ambiciosa transformação de simplificar e integrar as cadeias de suprimentos globais, o que nos permitirá atuar em um palco maior”, conclui o CEO da Pilot Freight Services, Zach Pollock.


Fonte e imagens: Startupi

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page