• Brasil 4.0

MCTI e EMBRAPII lançam rede EMBRAPII/MCTI de Inovação em grafeno.

No evento de lançamento, o Nobel de Física Konstantin Novoselov realizou palestra sobre o uso industrial do grafeno, considerado o material do Futuro.


Imagem de seagul por Pixabay

O Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovações e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) anunciaram, nesta quarta-feira (14), a criação da Rede EMBRAPII/MCTI de Inovação em Grafeno. A proposta é incentivar pesquisa e desenvolvimento de aplicações industriais para o material no país, que promete revolucionar o processo industrial e o modelo de negócio hoje existente. A estratégia para aumentar a competitividade da industrial nacional prevê aproximar as Unidades EMBRAPII (centros de pesquisas credenciados) de grafeno às demandas do setor empresarial pela tecnologia.


O anúncio veio acompanhado da assinatura de acordo de cooperação entre a Embrapii e a Consultoria Planar, que conta, entre seus sócios, os dois principais cientistas do mundo no tema: Antônio Hélio de Castro Neto, Fundador e Diretor do Centro de Pesquisas em Grafeno da Universidade Nacional de Singapura, e Konstantin Novoselov, cidadão russo-britânico que foi responsável por primeiro isolar o grafeno e por isso recebeu o Nobel de Física em 2010.


A proposta é aproximar o conhecimento internacional das Unidades EMBRAPII, aumentando a competência tecnologia nacional e promovendo a colaboração recíproca para desenvolver rotas tecnológicas nacionais de aplicação do grafeno, gerando novos processos e produtos das empresas e, assim, contribuindo para inovação empresarial.


Há um amplo espectro de setores industriais potencialmente beneficiados pela exploração de tecnologia, como o setor têxtil, automotivo, aeroespacial entre outros. A Rede EMBRAPII/MCTI contará com 15 Unidades EMBRAPII e, com ela, será possível elevar o nível de maturidade tecnológica relativo ao uso do grafeno por meio de projetos cooperativos de P&D, além de potencializar a capacidade de atendimento às demandas por inovação da indústria nacional, fomentando e tornando-a mais forte e competitiva.


O material do Futuro


O grafeno tem incríveis propriedades físicas, além de ser o mais leve e fino material existente, é duzentas vezes mais forte do que o aço e considerado o melhor material condutor de calor e de eletricidade. Somam-se ainda à lista de características a alta flexibilidade, impermeabilidade e transparência do material. A combinação única de propriedades superlativas do grafeno, o torna uma plataforma tecnológica que impacta dezenas de setores industriais. O Brasil é um dos países com maior reserva de grafite, fonte do grafeno, ao lado da China e do Canadá.


Fonte: EMBRAPII



banner-siemens-plm-160x600-pt.jpg
Assine nossa newsletter!
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Ícone

© 2019 - Brasil 4.0 - www.br40.com.br

Fale conosco - contato@br40.com.br