• Brasil 4.0

Parceria CNI e Caixa libera R$ 21 milhões em crédito para MPEs

O acordo facilita o acesso a financiamento para micro e pequenas empresas. O recurso pode ser usado tanto para capital de giro, como para aquisição de máquinas e equipamentos


Os empresários têm prazo de até 60 meses para pagamento

Lançada em agosto para facilitar o acesso a crédito para micro e pequenos empresários, a parceria entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Caixa Econômica Federal (CEF) movimentou R$ 21 milhões até novembro de 2020. O valor é resultado de 124 contratos firmados com apoio do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC) em 21 federações das indústrias. Desses, 53% utilizaram a nova linha de crédito GiroCAIXA FGI, administrada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


Para o gerente executivo de Política Industrial da CNI, João Emilio Gonçalves, a parceria das instituições contribui para que as micro, pequenas e médias empresas superem a crise.


“Apesar da recuperação da demanda, que havia sido fortemente afetada pela crise causada pela pandemia do novo coronavírus, as empresas continuam em situação frágil e a oferta de crédito com condições diferenciadas é fundamental para dar sustentação à retomada da produção e do emprego”, explica.

Alguns dos benefícios do acordo para os empresários são:

  • redução dos juros em até 28% quando comparado à taxa balcão - aplicada a clientes que não desejam ter contas efetivas na Caixa;

  • atendimento diferenciado;

  • possibilidade de carência; e

  • prazo de até 60 meses para pagamento;


As indústrias contam com o apoio de profissionais especializados do NAC para orientação financeira a fim de identificar a melhor alternativa de crédito ofertada. Além das vantagens exclusivas da parceria entre CNI e CAIXA, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, as condições vigentes para o público MPE inclui outras medidas de apoio que podem ser acessadas no portal do banco.


Entre as novidades, existe a possibilidade de suspender o pagamento das parcelas de diversas operações de crédito, capital de giro com garantia do FAMPE (parceria com o SEBRAE) e o GiroCaixa FGI com apoio do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI) conforme PEAC - Programa Emergencial de Acesso a Crédito, instituído pela Medida Provisória nª 975/2020 de 01 de junho de 2020.


Para ter acesso ao crédito


Essas condições estão sujeitas à análise de risco de crédito, disponibilidade de recurso, bem como são válidas para empresas que tenham 12 ou mais meses de faturamento e garantias compatíveis com as exigidas que variam de acordo com a linha de crédito.


Os interessados em ter mais informações ou se cadastrar para acessar o crédito para micro, pequenas e médias empresas podem entrar na página do Núcleo de Acesso ao Crédito voltada para o programa.


CNI oferece cartilhas sobre financiamento


Para ajudar o empresário a escolher qual a melhor opção, a CNI fez uma série de cartilhas que estão disponíveis gratuitamente. Para um atendimento personalizado por profissionais preparados para ajudar na escolha do melhor financiamento a ser contratado entre no canal do NAC no portal da CNI.


Por: Giovanna Chmurzynski

Foto: Snowing / Freepik

Fonte: Agência CNI de Notícias

12 visualizações0 comentário
Assine nossa newsletter!
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Ícone

© 2019 - Brasil 4.0 - www.br40.com.br

Fale conosco - contato@br40.com.br