• Brasil 4.0

Petrobras acelera transformação digital para aprimorar ecossistema de inovação

Companhia pretende permanecer investindo em tecnologia e na inovação para se tornar ainda mais competitiva e agregar valor ao negócio


FOTO FERNANDO CÉSAR / AGÊNCIA PETROBRAS

O diretor de Transformação Digital e Inovação, Nicolás Simone, em painel realizado no evento Rio Oil & Gas 2020, apresentou a estratégia de transformação digital e inovação da Petrobras, ancorada em 3 eixos fundamentais para estabelecer a trajetória exponencial de entrega de valor pretendida pela companhia: Tecnológico (GO Digital), Cultural (BE Digital) e Processual (Go Lean).


O eixo “GO Digital” foca no uso de tecnologias inovadoras como estratégia de negócio, ampliação da infraestrutura de modo escalável, seguro e cloud-first, implantação de arquitetura moderna e integração dos dados da companhia. O eixo “BE Digital” promove a adoção de metodologias e mindset que suportem uma cultura de inovação digital voltada para a geração de resultado. Por fim, o eixo “GO Lean” repensa os processos habilitando-os para a transformação digital, inserindo conceitos de smart office e centro de serviços compartilhados digital.


De acordo com Nicolás, ao acelerar a jornada de transformação digital e inovação da Petrobras, promove-se aumento de eficiência e de segurança nas operações, reduzindo custos e trazendo mais robustez e agilidade às decisões.


“Toda a transformação digital é feita através das pessoas. Por isso, trabalhamos não só no desenvolvimento tecnológico, mas, principalmente, na transformação cultural, estimulando novas formas de trabalho, a criatividade e a colaboração entre as equipes”, destacou o diretor.


Para alavancar a agenda da transformação digital, inovação e cultural na Petrobras e promover a capacitação de profissionais nas novas competências e papéis necessários para estas transformações, Nicolas pontuou a criação da Academia de Transformação Digital e Inovação, reciclando os profissionais através de treinamentos “Hands-on”, "EADs" e "Trilhas de formação especializadas" para atender às novas necessidades de perfis como Agilidade, Inteligência Artificial, Ciência de Dados, Arquitetura, Realidade Aumentada, Segurança da Informação, entre outras.


As metodologias como “Design Thinking”, "Design Sprint" e “Agiled Scale” (Ágil em escala) são formas de trabalho aplicadas para gerar soluções eficientes e que agreguem valor de forma mais rápida e incremental. A companhia já possui 100 times utilizando métodos ágeis. A expectativa é chegar a 500 equipes, em 2021, e 1000, no fim de 2022.


Para o segmento de upstream o foco está na manutenção preditiva com uso de Inteligência Artificial e Analytics para evitar paradas de plataformas e eliminar tempo em Exploração e Produção. A companhia também faz uso de Digital Twins (Gêmeos Digitais) - representações digitais das instalações operacionais - para monitoramento em tempo real, redução de falhas e facilitação na tomada de decisões. A realidade aumentada também é usada para facilitar inspeções e os supercomputadores para acelerar tempos de simulação.


O conceito de Digital Twins também está sendo aplicado no downstream e até setembro deste ano proporcionou ganhos de US$ 125 milhões, com potencial de chegar a US$ 173 milhões ao ano. Além da realidade virtual aplicada em manutenção e inspeção e uso de plataformas integradas, a companhia investe em inovação no sistema de refino por meio de tecnologias voltadas para descarbonização e desenvolvimento de biocombustíveis. Em comercialização e logística, há várias frentes e oportunidades, com aplicação de Inteligência Artificial para análise de desempenho e otimização da logística aérea, marítima e terrestre, como por exemplo automação de armazéns e rastreamento de dutos.


A digitalização e a robotização dos processos geram ganho de eficiência, tornando nossos ambientes mais seguros e permitindo a realocação do gasto de tempo em tarefas repetitivas para atividades de maior valor para a Petrobras. No âmbito da simplificação dos processos, destaca-se o Programa PaperLess que, por meio da redução de impressões, incentiva a sustentabilidade e a redução de burocracia na companhia.



Nas áreas corporativas, foram destacados projetos como Suprimentos Digital, RH Digital, Jurídico Digital, Finanças Digital, Centro de Serviços Compartilhados Digital, iniciativas que agilizam processos, eliminam burocracias e aceleram prazos.


A Petrobras também está acelerando o desenvolvimento de um ecossistema de inovação, por meio de startups internas e externas, plataformas de inovação aberta, criação do Corporate e do Safety Labs, parcerias competitivas, entre tantas outras iniciativas.


Fonte: Imprensa Petrobras

Assine nossa newsletter!
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Facebook Ícone

© 2019 - Brasil 4.0 - www.br40.com.br

Fale conosco - contato@br40.com.br