top of page
  • Foto do escritorBR40

Petrobras lança programa para bolsistas e investirá em capacitação de toda cadeia de inovação

Petrobras lança programa inédito para bolsistas e investirá em capacitação de toda cadeia de inovação

A proposta é integrar formação acadêmica e empreendedorismo


Foto: Geraldo Falcão / Agência Petrobras
Foto: Geraldo Falcão / Agência Petrobras

A Petrobras ampliará o programa de bolsas acadêmicas, passando a investir na capacitação de toda cadeia de inovação, desde a formação de mão de obra até a preparação de fornecedores, por meio de um programa integrado de formação em empreendedorismo. Inédita, a proposta visa impulsionar o ecossistema nacional. A previsão é de que, no horizonte de 5 anos, sejam concedidas 4 mil bolsas de estudo, criadas 400 novas empresas de base tecnológica nacionais e desenvolvidos mais de 100 novos fornecedores para a indústria.

“A Petrobras tem um profundo conhecimento da malha de desenvolvimento tecnológico do país e sempre foi uma grande impulsionadora da economia brasileira. O ponto forte desse programa é o investimento integrado em um processo único, que tem início na concessão de bolsas acadêmicas, focadas nos temas de interesse para desenvolvimento tecnológico, e se estende até o suporte na criação e consolidação de novas empresas de base tecnológica para provimento de soluções inovadoras para a indústria”, avalia o presidente da Petrobras Jean Paul Prates.


White Paper Siemens

O programa visa a aceleração da maturidade de tecnologias com alto potencial de aplicação, aumento da capacidade de resposta, inovação, competitividade e robustez do mercado nacional - empresas e profissionais - na entrega de soluções tecnológicas. Ele irá somar-se às outras iniciativas voltadas para o desenvolvimento do ecossistema de inovação mantidas pela Petrobras: o Programa de Formação de Recursos Humanos da ANP (PRH-ANP) e o Petrobras Conexões para Inovação.

O PRH-ANP financia a concessão de bolsas acadêmicas, revertendo, com quitação antecipada, parte da sua obrigação de investimento em P&D,I da companhia em benefício educacional à sociedade, promovendo a formação e capacitação de futuros profissionais da área. O Conexões para Inovação conecta a companhia com todo o ecossistema inovador, desde startups, universidades, Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) até empresas. Dividido em módulos, reúne as diferentes formas de desenvolver, testar ou comercializar tecnologias com a Petrobras.

“Acreditamos que lançar um programa integrado que contemple a formação e inclua a visão de empreendedorismo e o desenvolvimento de fornecedores, irá enriquecer o ecossistema de fornecedores nacionais, criando um círculo virtuoso e inédito nesse setor”, afirma o diretor de Tecnologia e Engenharia da Petrobras José Carlos Travassos.

Metalurgia 2023 - Feira e Congresso

“Uma vez em que o programa esteja em pleno funcionamento e maturidade, estimamos ter, anualmente, em torno de 1.000 bolsas acadêmicas ativas, distribuídas por cerca de 50 temas de interesse da Petrobras, e com um mínimo de 30 desafios tecnológicos em desenvolvimento por novos empreendedores de base tecnológica, com maturidades diversas, distribuídas entre as fases de pré-incubação; pré-aceleração; e capacitação para desenvolvimento de fornecedores, calcula a gerente executiva do Centro de Pesquisa da Petrobras (Cenpes), Maíza Goulart.

O programa será dividido em módulos e não é obrigatório ter participado de um deles para ingressar no outro. O processo se dará mediante avaliação dos gestores. A capacitação da cadeia de inovação prevê desde a concessão de bolsas acadêmicas, capacitação em gestão de inovação e empreendedorismo; pré-incubação de empresas; pré-aceleração de novas empresas de base tecnológica e capacitação para desenvolvimento de fornecedores.

Para gerir o novo programa de empreendedorismo, a Petrobras abriu seleção de parceiros para conceber, gerir e executar o novo programa, que visa não só formar mão de obra mas empreendedores que queiram transformar o resultado de pesquisas em negócios. A oportunidade está aberta e receberá propostas até a próxima sexta-feira (4/8). Todas as informações estão disponíveis neste endereço: Competitividade (petrobras.com.br).


Fonte: Petrobras


Artigo Siemens

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page