top of page
  • Foto do escritorBR40

Programa traz aumento real de produtividade para as indústrias do Paraná

Brasil Mais devolve até o momento mais de 1 milhão e 600 mil reais mensais para as indústrias que concluíram o Programa


O Brasil Mais, programa subsidiado pelo Senai no Paraná e Governo Federal que tem como objetivo trazer melhorias rápidas, de baixo custo e alto impacto, está mudando o cenário de indústrias de todo o Estado. Até o mês de julho, 253 empresas passaram pelo programa e em um estudo realizado pelo Senai, foi constatado um ganho médio de produtividade por mês nas indústrias da região de mais de 1 milhão e 600 mil reais, sendo que o ganho anual projetado no supera R$ 19.000.000. As empresas que participaram do programa ganharam em produtividade, em média, R$ 6.300 por mês.


Para Fabrício Lopes, gerente executivo de Tecnologia e Inovação do Sistema Fiep, esses valores refletem uma melhor economia do estado, melhor competitividade da indústria, que se traduz em mais empregos e em investimentos em inovação. “Nós criamos um círculo virtuoso, onde a indústria mais produtiva consegue economizar, tem uma margem melhor, paga melhor os seus funcionários, esses funcionários consomem mais na região, melhora o comércio, melhora o setor de serviços e consequentemente a indústria também vende mais”, esclarece.


A iniciativa foi criada em um ano de pandemia, quando a indústria precisou, mesmo em um momento de crise, de produtividade e competitividade. “Quem depende de insumos importados perdeu muito a sua margem e, consequentemente, muitos empregos ficaram em risco e foram perdidos”, lembra Fabrício. Com a iniciativa, o Senai no Paraná está alcançando no mínimo uma média de 20% de produtividade, com ações de intervenção consultivas de especialistas da instituição e em um formato de uma consultoria muito rápida e transferindo competência para a indústria. “Desta forma, a indústria é capaz de manter essa alta produtividade mesmo depois que o Senai termina o processo consultivo em 64h. É uma oportunidade única para indústrias do Paraná e do Brasil, já que é um programa com baixíssimo investimento, com retorno rápido – em dois meses, e fácil de acompanhar o ganho de produtividade e o dinheiro no bolso do empresário e dos seus funcionários no final do mês”.


Sobre o programa


A iniciativa oferece às indústrias participantes a oportunidade de obter um aumento de produtividade na linha de produção, por meio de técnicas de produção enxuta. Neste ano, as indústrias associadas aos sindicatos filiados ao Sistema Fiep contarão com maior subsídio para participar do programa, o que reduzirá o custo do investimento pela metade. Por meio do programa, governo federal e Senai subsidiam 80% do valor e a empresa arca apenas com 20%, o equivalente a R$ 2.400. Já as indústrias associadas aos sindicatos filiados ao Sistema Fiep, R$ 950.


O programa atende indústrias de diversos segmentos, que podem indicar até três colaboradores para participar dos treinamentos, que incluem teoria e prática no próprio chão de fábrica. Inicialmente, podiam participar do Brasil Mais no Paraná apenas empresas que tivessem de 11 a 499 colaboradores, mas, atendendo a uma solicitação de entidades sindicais e indústrias para ampliar a atuação do programa, o Sistema Fiep conseguiu, por meio de uma negociação com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), que também atenda empresas que tenham de 4 a 10 funcionários. Por se tratar de um projeto-piloto, envolvendo somente o Paraná, há limite de adesão de até 100 indústrias de micro e pequeno portes.


O programa tem a duração de 12 semanas com encontros semanais. Em um primeiro momento, acontece a formação de grupos de até oito indústrias. Já o segundo momento é individual, quando o mentor do Senai acompanha os colaboradores dentro de cada indústria para diagnosticar e aplicar as melhorias no processo industrial objeto de melhoria. No final do processo, os participantes apresentam para os gestores os resultados alcançados. Como o conhecimento fica dentro da empresa, com os participantes, a metodologia pode ser aplicada em outros setores.


As inscrições podem ser feitas no site do Senai no Paraná ou pelo e-mail brasilmaispr@sistemafiep.org.br.


Fonte e imagens: Agência Sistema FIEP

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page