• Brasil 4.0

ROTA 2030: SENAI-SP LEVA INOVAÇÃO PARA A INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

“Aprender fazendo” é a proposta de consultoria do SENAI-SP para elevar a competitividade, produtividade e digitalização do setor; conheça alguns cases de sucesso


Imagem Wix

Por meio do Programa Rota 2030, do Governo Federal, e do Programa A3 (Alavancagem de Alianças para o setor Automotivo) do SENAI, mais de 150 empresas do setor automotivo no Estado de São Paulo foram atendidas com consultorias na categoria Hands-on, até o momento. A ação, que incentiva o “aprender fazendo”, beneficia a indústria ao aplicar conhecimentos práticos em Manufatura Enxuta, Digitalização e Gestão de Riscos por meio de uma metodologia aplicada sob medida às necessidades das fabricantes do setor.


O objetivo é aumentar a competitividade da cadeia de valor do setor automotivo por meio de ganhos em produtividade e da aplicação dos conceitos de indústria 4.0 com a digitalização e integração dos processos industriais.


Um case que ilustra o sucesso da ação é o da fabricante de autopeças INDAB, que aumentou a produtividade em 42,7% com a aplicação das tecnologias habilitadoras da indústria 4.0, em assessorias de Manufatura Enxuta e Digitalização. As consultorias do SENAI-SP foram aplicadas no setor de operações de prensas da empresa, onde havia desperdício de material por retrabalho para remover as rebarbas das peças. Na etapa de digitalização, o SENAI-SP, em conjunto com a equipe da empresa, aplicou a técnica de simulação de processos e instalou sensores para controle das máquinas de solda, evitando que pontos fossem executados fora da posição.


Já a Vulkan Acoplamentos Mecânicos reduziu 8% do seu consumo de energia em um ano. A empresa contou com a assessoria de eficiência energética do SENAI-SP na reprogramação do uso de estufas e compressores, na busca por vazamentos e na instalação de multimedidores online para acompanhamento do Indicador de Desempenho Energético em tempo real. Ao todo, a economia foi de R$ 36 mil ao ano.


Sobre o Rota 2030 e a parceria SENAI


Parte da estratégia do Governo Federal para o desenvolvimento do setor automotivo brasileiro, o Programa Rota 2030 tem o objetivo de ampliar a participação da indústria automotiva brasileira por meio da exportação de veículos e autopeças.


Uma das principais vantagens do programa para as empresas do setor é a redução no imposto sobre importação de autopeças não produzidas no Brasil. As empresas que apoiarem o projeto, investindo 2% do valor importado em pesquisa e desenvolvimento (P&D) no país, ganham o benefício fiscal.


É com esses recursos que o governo seleciona instituições capacitadas e com infraestrutura para criarem programas prioritários de desenvolvimento. Nesse cenário, o SENAI representa uma parceria estratégica por meio do A3, o programa de Alavancagem de Alianças para o setor Automotivo, que investe os valores dos apoiadores em projetos de inovação tecnológica para o setor automotivo.



A operação acontece na Plataforma SENAI de Inovação para a Indústria em três categorias: Hands-On, Empreendedorismo por meio de Desafios e Empreendedorismo por meio de Alianças - todas com fluxo contínuo de participação, enquanto houver recursos disponíveis. Para mais informações, acesse www.portaldaindustria.com.br/senai/canais/rota-2030.


Fonte: SENAI-SP

10 visualizações0 comentário
Simulação Engenharia 160x600.png