• Brasil 4.0

Sesi e indústria do paraná desenvolvem aplicativo para promover longevidade e produtividade no setor

Por meio da ferramenta, colaboradores podem acessar atividades, exercícios e informações para fomentar mais qualidade de vida


No Paraná, a população de 65 anos ou mais terá um aumento de 9,2% em 2017, para 19,9% em 2040. Paralelamente, a população jovem reduzirá de 20,3% para 14,6% neste mesmo período, segundo estudo realizado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES), com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Com o aumento da longevidade, aumenta também o tempo de produtividade de uma pessoa. Por isso, é importante que as indústrias tenham a longevidade e a inclusão de diversas gerações em um mesmo ambiente de trabalho como pontos importantes de suas ações”, afirma Juliana Sebastiany, Coordenadora do Centro de Inovação do Sesi Longevidade e Produtividade.


Foi pensando nisso que o Centro de Inovação Sesi Longevidade e Produtividade, em parceria com a Caemmun, lançou em março um aplicativo para que os trabalhadores acessam informações, atividades e exercícios para promover qualidade de vida no ambiente de trabalho.


A longevidade é tema recorrente na parceria entre o Sesi no Paraná e a Caemmun. “Observando as estatísticas, constatamos que ficaremos mais tempo no mercado de trabalho, o que requer melhor preparação para envelhecermos com saúde. Então, procuramos o Sesi em 2015 e gostamos muito da metodologia. Percebemos um resultado positivo junto aos nossos colaboradores”, conta Ana Cláudia de Lima, Gestora de RH e Inovação da Caemmun.


“Na época, o Centro de Inovação Sesi Longevidade e Produtividade construiu uma metodologia em parceria com o Instituto Finlandês de Saúde Ocupacional e a aplicou na Caemmun. Porém, passados alguns anos, a empresa sentiu que não conseguia manter as pessoas motivadas pela busca pela qualidade de vida”, conta Juliana.


“A metodologia trouxe muitos benefícios para nossos colaboradores, mas precisávamos da continuidade para o incentivo ao alcance das metas a médio e longo prazo e para manter o conteúdo ativo na memória das pessoas”, aponta Ana Cláudia.


Então, por meio do Edital Sesi Tech de 2019, a Caemmun e o Sesi no Paraná desenvolveram o aplicativo para propagar o conceito de longevidade. “Essa foi uma grande oportunidade para disseminar as informações e transformarmos, cada vez mais, nossas metodologia, consultorias e programas em formas digitais de atendimento. Assim, nos aproximando dos trabalhadores e levando informações sistematizadas para as indústrias”, conta Juliana.


Os colaboradores da Caemmun já podem baixar o aplicativo e acessar informações sobre longevidade e produtividade e interagir em grupos. “Trabalharemos com todos os colaboradores da empresa, por meio dos conceitos da metodologia. A expectativa é de uma adesão bem significativa, pois traremos sempre temas importantes para nosso dia a dia de forma dinâmica e atrativa”, afirma a gestora de RH.


Sobre o Centro de Inovação Sesi Longevidade e Produtividade


O Centro de Inovação Sesi Longevidade e Produtividade faz parte de uma rede de nove centros distribuídos pelo país. As unidades de pesquisa aplicada do Sesi foram criadas em 2017 para melhorar o ambiente de trabalho, a saúde e segurança dos trabalhadores e a produtividade das empresas. No Paraná, o CIS é um dos vários serviços oferecidos pelo Sistema Fiep para a indústria. Com foco na longevidade e na produtividade, o CIS tem o objetivo de realizar estudos, pesquisas e desenvolver produtos e serviços para a indústria nacional, relacionados às mudanças que estão ocorrendo no perfil demográfico da população brasileira e suas consequências na força de trabalho. Mais informações no site http://longevidade.ind.br/.


Fonte e imagens: Agência Sistema FIEP

17 visualizações0 comentário