top of page
  • Foto do escritorBR40

Siemens recebe certificação ISO 50001

  • Norma estabelece diretrizes e guias para a implementação de um sistema de gestão de energia eficiente;

  • Certificados são emitidos pela TÜV Rheinland AG, uma organização de serviços técnicos de teste com sede na Alemanha;

  • Companhia reforça seus compromissos sustentáveis já acreditados com o ISO 9001, ISO 14001 e ISO 45001.

A Siemens, líder em automação industrial e software, infraestrutura, tecnologia predial e transporte, recebeu a certificação ISO 50001 sob a chancela da TÜV Rheinland Cert com acreditação DAkks. O selo visa a implementação, manutenção, revisão e melhoria de um sistema de gerenciamento de energia. “Essa norma tem como principal objetivo incentivar empresas a consumir energia de maneira mais eficiente, além de trazer muitos benefícios como: diminuição de desperdícios e gastos, aumento da confiança de potenciais clientes e maior competitividade no mercado”, comenta a responsável por conduzir o processo de certificação na Siemens, Carolina Guedes Villela.


A localidade JundTech da Siemens, na cidade de Jundiaí (SP) é um exemplo da utilização de soluções da própria empresa que contribuem para a descarbonização. Foto: Divulgação Siemens


Além disso, o selo traz diretrizes sobre segurança, desempenho e eficiência energética. Outro ponto importante é a redução de emissão de gases poluentes. Os certificados são emitidos pela TÜV Rheinland AG, uma organização de serviços técnicos de teste e certificação com sede em Colônia, Alemanha, com escritórios adicionais na Europa, Ásia, África e Américas.


“A conquista da certificação ISO 50001 reforça os compromissos da Siemens com a sustentabilidade e a melhoria contínua de seus processos para atingir metas de descarbonização, eficiência energética e uso inteligente de recursos”, comenta Carolina Villela.


“A Siemens já é certificada pela TÜV Rheinland Brasil segundo as normativas ISO 9001, ISO 14001 e ISO 45001 e, agregar a ISO 50001 neste rol, reforça o compromisso da empresa na melhoria contínua de seus processos, sua preocupação com o meio ambiente, e sua confiança na TÜV Rheinland”, explica Mayara Zunckeller, Coordenadora Geral de Operações na TÜV Rheinland Brasil, e responsável por acompanhar e coordenar todo o processo de certificação.



Exemplo de eficiência energética


A localidade JundTech da Siemens, na cidade de Jundiaí (SP) é um exemplo da utilização de produtos e soluções da própria empresa que contribuem para a descarbonização. Existem projetos implementados e em implementação com a utilização de tecnologias próprias com o propósito não somente de atender metas Zero, mas também de melhorar a gestão e a eficiência energética, da água, dos resíduos, da segurança e conforto.


São soluções tecnológicas que incluem gestão e eficiência predial, geração de energia fotovoltaica, carregadores para veículos elétricos, sensores para otimizar a iluminação, software para movimentação de pessoas, solução de automação Desigo CC para o sistema de ar-condicionado (que otimiza consumo de energia).




A Siemens AG (Berlim e Munique) é uma empresa de tecnologia com foco na indústria, infraestrutura, transporte e saúde. De fábricas mais eficientes em termos de recursos, cadeias de suprimentos resilientes e edifícios e redes mais inteligentes, a transportes mais limpos e confortáveis, bem como cuidados com a saúde avançados, a empresa cria tecnologia com propósito agregando valor real para os clientes. Ao unir os mundos real e digital, a Siemens capacita seus clientes a transformar seus setores e mercados, ajudando-os a transformar o dia a dia de bilhões de pessoas. A Siemens também possui uma participação majoritária na empresa de capital aberto Siemens Healthineers, fornecedora líder global de tecnologia médica que está moldando o futuro da saúde. Além disso, a Siemens detém uma participação minoritária na Siemens Energy, líder global na transmissão e geração de energia elétrica.


No ano fiscal de 2021, encerrado em 30 de setembro de 2021, o Grupo Siemens gerou receita de € 62,3 bilhões e lucro líquido de € 6,7 bilhões. Em 30 de setembro de 2021, a empresa contava com aproximadamente 303.000 funcionários em todo o mundo. Mais informações estão disponíveis na internet aqui.


No Brasil, a Siemens iniciou suas primeiras atividades em 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1905, ocorria a fundação da empresa no País. Ao longo de sua história no Brasil, a Siemens contribuiu ativamente para a construção e para a modernização da infraestrutura. O Grupo Siemens é formado pela Siemens (Infraestrutura e Indústria), pela Siemens Healthineers e pela Siemens Mobility. Atualmente, o Grupo Siemens conta com quatro fábricas, cinco centros de Pesquisa e Desenvolvimento e cinco Centros de Distribuição espalhados por todo o território nacional. Para mais informações acesse nosso website.


Fonte: Assessoria de Imprensa - InPress Porter Novelli



Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page