top of page
  • Foto do escritorBR40

Tecnologia e conectividade no campo são temas de Fórum durante a Agrishow


Evento contou com a participação de Secretário e representantes de importantes empresas da área

Na tarde da terça-feira (26), segundo dia da 27º edição da Agrishow, maior feira de tecnologia agropecuária do mundo, aconteceu o Fórum “Conecto, Logo Produzo e Existo” promovido pelos canais Terra Viva e AgroMais. Estiveram presentes Francisco Matturro, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Paulo Humberto Gouveia, diretor de Soluções Corporativas da Tim, operadora de telefonia e Rodrigo Bonato, diretor de Marketing e Vendas da John Deere para a América Latina.



Na ocasião, o Fórum discutiu a questão de como a conectividade está proporcionando ao campo mais produtividade e acesso a serviços básicos como saúde, segurança e educação.


Baseando-se em números e fatos, Francisco Matturro teve a oportunidade de relatar como o agro paulista vem se desenvolvendo a partir da tecnologia e citou programas importantes como o Rotas Rurais que busca fomentar instrumentos capazes de solucionar uma lacuna cada vez menor no campo brasileiro. “É a inclusão social para o campo. Hoje temos 100 munícipios mapeados, mas até setembro, esse número passa para 465 munícipios que terão cadastrados o seu cep eletrônico, o que garante dignidade e segurança para quem sempre sofreu com a ausência de um endereço para receber suas correspondências, para ter acesso a serviços básicos”, disse o secretário.


Questionado sobre as consequências da pandemia para o agro brasileiro e como a questão afetou o desenvolvimento tecnológico do campo, Francisco Matturro foi incisivo ao afirmar que mesmo com a problemática o agro brasileiro não parou. “No campo tudo correu normalmente, mesmo com a pandemia. O agro não parou, a pesquisa não parou, a ciência não parou, tanto que não ocorreu desabastecimento, o que era um temor muito grande da população que passou a consumir mais que o habitual”, completou.


Outros pontos que estão em desenvolvimento pelas empresas representadas no Fórum também contribuíram para o debate. Caso da tecnologia 5G que de acordo com Paulo Humberto, passa a ser uma realidade no país a partir do meio do ano. “A partir dessa implantação, o campo vai receber essa tecnologia a partir da demanda existente que vai contribuir para a inclusão social do setor”, disse.


Por sua vez, Rodrigo Bonato também contribuiu para o debate explanando que hoje em dia, 23% da área plantada no Brasil já possui conectividade. “Isso não é inclusão, isso ainda é exclusão e para nós, o próximo passo do agro é ser inserido cada vez mais dentro da área tecnológica”, reforçou.


Autor: Bruno Amato

Fonte e imagens: Agricultura Governo de São Paulo

ความคิดเห็น


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page