top of page
  • Foto do escritorBR40

Treinar colaboradores continuamente reduz riscos de acidentes na indústria

Capacitações mantêm trabalhadores atentos às situações de risco, alertam especialistas; confira quais formações podem ser realizadas por meio do SESI


Capacitação periódica é obrigatória e deve ser realizada conforme determinado em cada NR. Foto: Freepik

Florianópolis, 14.10.2022 – Dados do Ministério do Trabalho mostram que, em 2020, 403 mil acidentes de trabalho foram registrados no Brasil. Desses, 78% correspondiam aos acidentes típicos, ou seja, aqueles provocados em função da atividade exercida. Prevenir estes acidentes passa por capacitação constante, alertam os especialistas, e há várias formações que esclarecem as normas regulamentadoras (NRs) do setor produtivo.


De acordo com Ronaldo Duarte, especialista do SESI em saúde e segurança no trabalho, a chamada ‘reciclagem’, ou capacitação periódica é obrigatória e deve ser realizada frequentemente conforme determinado em cada NR. “Também é necessário estar atento às mudanças significativas na empresa, como a manipulação de novos equipamentos, por exemplo. Algumas situações exigem capacitações específicas e o SESI pode inclusive customizar o curso para atender a indústria”, detalha.



Em empresas de menor porte, profissionais de recursos humanos são responsáveis por acionar as formações e manter os trabalhadores atualizados. Nas maiores, essa atribuição cabe à equipe de segurança, saúde e medicina do trabalho (Sesmt).


⚠️ Por meio do SESI, é possível realizar uma série de formações, algumas delas são 100% on-line. Confira:






Comentários


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page