Vale cria Vale Ventures para investir em startups com foco em solução sustentável

A empresa está comprometendo um capital de US$ 100 milhões para investimento


A Vale anunciou nesta quarta-feira a criação da Vale Ventures, sua iniciativa de Corporate Venture Capital, para investir em startups pioneiras de todo o globo, criando novas oportunidades de negócios e tecnologias para incorporar nas suas operações. A empresa está comprometendo um capital de US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 500 milhões) para investimento.


Em nota, a mineradora diz que para a apoiar a transição para um mundo mais sustentável, esta nova iniciativa adquirirá participações minoritárias em startups focadas em quatro temas: Descarbonização na cadeia da mineração, Mineração sem resíduo, Metais de transição energética e mineração do futuro, com investimento em novas tecnologias.


A iniciativa contribui para alcançar o compromisso da Vale de se tornar uma companhia sustentável. A organização tem o objetivo de reduzir 15% das emissões líquidas de Escopo 3 até 2035. Além disso, busca reduzir suas emissões absolutas de Escopo 1 e 2 em 33% até 2030 e alcançar neutralidade até 2050, em linha com o Acordo de Paris.



“Colaboraremos com startups com visão de futuro que tragam grandes ideias e pensamento arrojado para esses desafios monumentais”, afirma o líder da Vale Ventures, Viktor Moszkowicz na nota. “Ao montarmos um portfólio de soluções disruptivas, nós podemos gerar retorno financeiro e estratégico, criando novas oportunidades de negócios, insights e conhecimento para a Vale, clientes e sociedade”, complementa.


Anteriormente, a companhia assinou um memorando de entendimento com a Nippon Steel para buscar soluções siderúrgicas com foco no processo de produção carbono neutro de aço. A Nippon Steel é a maior produtora integrada de aço do Japão e uma das principais do mundo.


Com informações de Estadão Conteúdo (Beth Moreira)

Imagem: Shutterstock

Fonte: Mercado&Consumo



Simulação Engenharia 160x600.png