top of page
  • Foto do escritorBR40

Novo selo Siemens EcoTech gera transparência e sustentabilidade para a cadeia de valor

  • Siemens EcoTech capacita os clientes do setor industrial e da infraestrutura a tomar decisões informadas, avançando no progresso em relação às suas metas de sustentabilidade

  • Cada produto que obtém o selo Siemens EcoTech tem um perfil detalhado que fornece altos níveis de transparência

  • O novo selo permite a comparação direta da sustentabilidade do produto com o padrão de mercado e produtos predecessores

 


O novo selo Siemens EcoTech gera transparência e sustentabilidade para a cadeia de valor. Foto: Divulgação Siemens
O novo selo Siemens EcoTech gera transparência e sustentabilidade para a cadeia de valor. Foto: Divulgação Siemens

A Siemens anuncia o lançamento de seu novo selo de sustentabilidade para produtos – o Siemens EcoTech – estabelecendo um novo padrão de transparência no setor. Ele oferece aos clientes uma visão abrangente do desempenho do produto em critérios ambientais selecionados. No lançamento, o selo Siemens EcoTech abrange uma gama de produtos de todo o portfólio da companhia para aplicações industriais e de infraestrutura. O selo será gradualmente estendido para abranger famílias de produtos Siemens adicionais, que atendam a critérios rigorosos. 


“Com o Siemens EcoTech, estamos abrindo caminho para uma nova era de transparência”, disse Judith Wiese, Diretora Global de Pessoas e de Sustentabilidade e membro do Board da Siemens AG, responsável pelo Brasil. “O selo Siemens EcoTech representa nosso compromisso de capacitar nossos clientes com o conhecimento de que precisam para fazer escolhas informadas que apoiem suas metas de sustentabilidade. Queremos que a sustentabilidade esteja no centro de todos os produtos que oferecemos.”


siemens

A Siemens usa dados fornecidos na Declaração Ambiental do Produto (Environmental Product Declaration - EPD) para avaliar o desempenho do ciclo de vida de um produto em relação a um conjunto de critérios robustos de design ecológico em três dimensões: materiais sustentáveis, uso ideal e recuperação de valor e circularidade. Os critérios de design ecológico incluem diversos aspectos, como uso de materiais de baixo carbono, embalagens sustentáveis, eficiência energética, longevidade, instruções de circularidade e reciclabilidade. Essa visão detalhada forma a base do Siemens EcoTech Profile (SEP), uma ficha sobre o desempenho comparável do produto em áreas como materiais, design, fase de uso e fim do ciclo de vida, fornecendo mais transparência de dados do que qualquer outra empresa do setor.

 

Além disso, hoje todos os produtos Siemens EcoTech são fabricados usando 100% de eletricidade renovável, contribuindo para a ambição geral da empresa de alcançar uma pegada de carbono zero de suas instalações produtivas e edifícios em todo o mundo até 2030.

 

"O selo EcoTech é mais uma iniciativa da Siemens para ampliar a transparência e sustentabilidade de toda a cadeia de valor dos processos produtivos. No Brasil, produtos das linhas SITOP, SIMATIC, LOGO! e DESIGO, além dos disjuntores caixa moldada 3VA e em caixa aberta 3WA já estão alinhados aos rigorosos critérios do selo", conta William Pereira, Vice-presidente da Siemens Smart Infrastructure Brasil. "A ação reforça ainda mais o objetivo da Siemens em tornar a sustentabilidade parte essencial de cada produto e solução que oferecemos", completa.


siemens

No lançamento, entre os produtos cobertos pelo selo Siemens EcoTech está o recém-anunciado SENTRON ECPD (Electronic Circuit Protection Device, em português Dispositivo Eletrônico de Proteção de Circuito). Multifuncional, versátil e compacto, o SENTRON ECPD pode substituir até dez produtos convencionais por um dispositivo. Isso reduz os materiais de fabricação em 1,53kg (até 80% em eletrônicos, 90% em metais e 90% em plásticos, dependendo da aplicação) e as emissões de carbono associadas em 50% em comparação com as soluções convencionais. Outro exemplo abordado pelo Siemens EcoTech na primeira fase do lançamento é o PC industrial Simatic IPC BX-39, que é cerca de 30% mais eficiente em termos energéticos do que seu produto antecessor.

 

O Siemens EcoTech representa o próximo marco no compromisso de longa data da empresa de minimizar a pegada ambiental de suas próprias operações e produtos, e apoia ainda mais a transformação digital e de sustentabilidade de seus clientes. Com base no Portfólio Ambiental lançado em 2008, a integração sistemática dos princípios de design ecológico com o Siemens Robust Eco Design de 2020 e a estrutura DEGREE introduzida em 2021 – que fornece uma abordagem de 360 graus aos principais valores de sustentabilidade com metas claras em seis campos, incluindo descarbonização, ética, governança, eficiência de recursos, equidade e empregabilidade – a Siemens continua a liderar o caminho da sustentabilidade.

 

Hoje, mais de 90% dos negócios da Siemens permitem que os clientes alcancem um impacto positivo na sustentabilidade e, com a ajuda das tecnologias vendidas no ano fiscal de 2023, os clientes evitaram cerca de 190 milhões de toneladas de emissões de CO2.

 

Mais informações sobre o selo Siemens EcoTech estão disponíveis aqui.

Mais informações sobre sustentabilidade na Siemens estão disponíveis aqui.


Interplast 2024

Sobre a Smart Infrastructure:

A Siemens Smart Infrastructure (SI) está definindo o mercado de infraestrutura inteligente e adaptável de hoje e do futuro. A companhia está focada em atender aos desafios urgentes da urbanização e das mudanças climáticas, com a conexão de sistemas de energia, edifícios e indústrias. A SI cria ambientes que colaboram com o planeta e o bem-estar das pessoas, oferecendo aos clientes um portfólio completo de produtos, sistemas, soluções e serviços integrados, que envolvem desde a geração de energia até o consumo. Com um ecossistema cada vez mais digitalizado, contribui para o progresso de clientes, parceiros e de toda a sociedade. A sede global da Siemens Smart Infrastructure está localizada em Zug, na Suíça, e, em setembro de 2023, a empresa possuía cerca de 75 mil colaboradores em todo o mundo.

 

A Siemens AG (Berlim e Munique) é uma empresa de tecnologia com foco na indústria, infraestrutura, transporte e saúde. De fábricas mais eficientes em termos de recursos, cadeias de suprimentos resilientes e edifícios e redes mais inteligentes, a transportes mais limpos e confortáveis, bem como cuidados com a saúde avançados, a empresa cria tecnologia com propósito agregando valor real para os clientes. Combinando os mundos real e digital, a Siemens capacita seus clientes a transformar seus setores e mercados, ajudando-os a transformar o dia a dia de bilhões de pessoas. A Siemens também possui uma participação majoritária na empresa de capital aberto Siemens Healthineers, fornecedora líder global de tecnologia médica que está moldando o futuro da saúde.

No ano fiscal de 2023, encerrado em 30 de setembro de 2023, o Grupo Siemens gerou receita de 77,8 bilhões de euros e lucro líquido de 8,5 bilhões de euros. Em 30 de setembro de 2023, a empresa contava com aproximadamente 320 mil funcionários em todo o mundo. Mais informações estão disponíveis na internet aqui.

 

No Brasil, a Siemens iniciou suas primeiras atividades em 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1905, ocorria a fundação da empresa no País. Ao longo de sua história no Brasil, a Siemens contribuiu ativamente para a construção e para a modernização da infraestrutura. O Grupo Siemens é formado pela Siemens (Infraestrutura e Indústria), pela Siemens Healthineers e pela Siemens Mobility. Atualmente, o Grupo Siemens conta com quatro fábricas, cinco centros de Pesquisa e Desenvolvimento e cinco Centros de Distribuição espalhados por todo o território nacional. Para mais informações acesse nosso website.


Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa InPress Porter Novelli

Comments


160x600 whitepaper siemens.jpg
bottom of page